Promoção Magazine Luiza e Você

VESTIBULAR - INSCRIÇÕES ABERTAS

VESTIBULAR  - INSCRIÇÕES ABERTAS
FACULDADE DO CARIRI

PREVINA-SE!

PREVINA-SE!
NOSSO BLOG APOIA ESSA CAUSA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
1° FEIRÃO DO ANO

APOIO: REDE SKY

APOIO: REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

sábado, 27 de janeiro de 2018

IMAGENS E VÍDEOS: OSSADA DE MULHER DESAPARECIDA HÁ QUASE 7 ANOS, É ENCONTRADA NO SÍTIO MIMOSO DE BELO JARDIM QUE FAZ DIVISA COM JATAÚBA


Por volta das 11h da manhã desta sexta-feira(26), me desloquei até o Sítio Mimoso(Jataúba/Belo Jardim). Junto com a equipes do IC, IML, Polícias Militar e Civil além da GCC de Jataúba. 




Ao Chegarmos no local, fomos recebido pelo agricultor que encontrou a ossada "Toim de Zêlozo" e por familiares da idosa, ora desaparecida desde 11 de março de 2011. Na época, Várias buscas foram realizadas na referida serra e em diversas cidades circunvizinhas. Além de comunicar em várias rádios da região, inclusive no cariri paraibano.



D.ª Izabel "Zabé" na época tinha 65 anos, ela saiu de casa e sumiu. Ela apresentava problemas mentais. residia no Sítio Mimoso de Jataúba, que faz divida com Belo Jardim (ver imagens). Se viva fosse, 'Zabé" faria 72 anos em novembro.
Imagem: Linha vermelha é onde tem o rio, que faz as divisas dos municípios - Imagem: Alberto Barbosa


Toda equipe teve dificuldades de chegarem ao local. Uma vez que a inclinação da Serra era muito aclivada e tivemos uma elevação de aproximadamente 140 Mts(em relação ao ponto de partida). Depois de uma hora de caminhada, a equipe chegou ao local. Onde foi constada a localização da ossada.

Na época D.ª Izabel Nogueira 'Zabé', saiu de casa e sumiu. Ela morava no Sítio Mimoso, Jataúba-PE. Porém, os restos mortais, foram encontrados em lugar de difícil acesso, na conhecida "Serra Grande" já em terras do município de Belo Jardim, cerca de 800 metros de sua residência.

Veja Imagens no local:







Essa "Serra Grande" fica bem próximo da "Pedra do Jequí" que muitos turistas e aventureiros, vêm acampar.


Para facilitar o trabalho da equipe, foi usado um GPS de precisão. Assim, demarcar o local exato de onde foi encontrado os restos mortais. A família reconheceu, pelo fato de uma blusa, ainda estar intacta e também uma sandália, que foi recolhida pelo equipe do IC e IML.  O criminalístico  Dr. Bruno Santos, afirmou que seria feito exames de DNA com a irmã "D.ª Mariquinha" para comprovar a consanguinidade. Porém, ao ouvir os familiares, certamente são os restos mortais de D.ª Izabel. e que brevemente tudo estará esclarecido. 


Durante todo trajeto e perícia, os familiares da senhora "Izabel Nogueira da Silva" estivem presentes. A irmã Maria Nogueira da Conceição "D.ª Mariquinha" que foi com dificuldades até o local, acompanhada pelo esposo ex-vereador Sr. Biu Lagoa, ela nos relatou "Alberto(Pina), na época, andamos muito essas serras, outros localidades e até diversas cidades da região, a procura da minha irmã, hoje, quase sete anos, após o sumiço, encontramos seus restos mortais, estou emocionada, no entanto aliviada, agora vamos fazer o sepultamento". Completou D.ª Mariquinha.  


Já o sobrinho da idosa, Vavá de Biu Lagoa, nos disse; "Amigo, andei tanto essas serras, até porque naquele ano de 2011, precisamente na semana que ela sumiu, aqui estava verde e de mata muito fechada, daí dificultava o trabalho. Eram dezenas de pessoas procurando e nada de encontrar, eu cheguei a ir em Sumé-PB, colocar anúncios na rádio e dentre muitas aqui da região, agora estar tudo explicado." Finalizou. 
Imagem: D.ª Mariquinha, Vavá Lagoa e Sr. Biu Lagoa - Foto: Alberto Barbosa


 Após toda perícia, foi recolhida toda ossada e encaminhada para o IML de Caruaru. 

Momento da descida








Nosso Amigo e repórter Adielson Galvão, entrevistou um dos peritas. Ouça




Imagens/vídeo: Alberto Barbosa
Áudio: Adielson Galvão
Blog do Alberto Barbosa
Notícias de Jataúba e Região






Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio