PROMOÇÃO REDE SKY

PROMOÇÃO REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

POLÍTICA: Bruno Araújo: Definição em PE independe de qual será nome do PSDB ao Planalto


Presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo não tem acompanhado agendas dos presidenciáveis da sigla pelo País. Motivo: pretende nutrir a imparcialidade em relação ao tema. Mas vai abrir uma exceção, hoje, porque o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, um dos nomes cotados no tucanato para concorrer ao Palácio do Planalto, desembarca em Pernambuco, terra natal do dirigente nacional. Bruno, que encontrava-se em São Paulo ainda ontem, chega ao Estado, hoje, e deve estar no primeiro compromisso de Leite, uma visita ao Porto Digital, às 12h. Não está certo ainda se ele conseguirá acompanhar a programação em Caruaru, onde Leite será recebido pela prefeita Raquel Lyra, cujo nome é ventilado para a disputa pelo Governo do Estado. Amanhã à noite, Bruno comandará jantar para o presidenciável tucano em sua casa no Recife. A proposta é que seja algo mais fora da política com representantes da sociedade civil, de forma a fazer uma apresentação do governador gaúcho e aproximá-lo dos convidados.

À coluna, Bruno Araújo reforça que Raquel é o nome do PSDB para concorrer ao Palácio das Princesas e, indagado se montar um palanque para Eduardo Leite seria um estímulo a mais para a prefeita de Caruaru se lançar na disputa, ele devolve: "A definição de candidatura nossa em Pernambuco independe de quem será escolhido pelo PSDB como candidato à Presidência da República". Bruno, inclusive, pontua que o governador de São Paulo, João Doria, também deve desembarcar no Recife em breve. "Não fui à programação de nenhum Estado para não parecer parcialidade, mas, em Pernambuco, vou dar atenção aos dois, tanto a ele quanto à ida de João Doria". Indagado se há agenda do governador de São Paulo em Pernambuco está no radar, Bruno diz que ela deve ocorrer, porque todos os presidenciáveis do PSDB estão rodando o País. Há prévias do PSDB, marcadas para 21 de novembro. Além de Leite e Doria, o nome do senador Tasso Jereissati também é ventilado. As inscrições para os possíveis candidatos devem ocorrer até o dia 20 de setembro. Até lá, os presidenciáveis fazem campanha. 

 Henry vai à mesa com Lula

Em Pernambuco, a agenda plural que o ex-presidente Lula cumprirá de domingo até a próxima terça incluirá um diálogo com o presidente estadual do MDB, Raul Henry. O encontro se dará na próxima segunda-feira, quando o líder-mor do PT fará uma série de conversas com lideranças de vários partidos. O senador Jarbas Vasconcelos não participará do encontro.

Chá da tarde > Também na segunda, à tarde, Lula estará com o presidente do Republicanos em Pernambuco, Silvio Costa Filho, que dispensou elogios ao petista, na semana passada, em agenda no Sertão do Pajeú, ao lado de Paulo Câmara. Silvio tem nome cotado para integrar a chapa majoritária na vaga do Senado.

Sobrevida > A Câmara Federal aprovou, ontem, o Projeto de Lei 2522/15, do Senado, que permite aos partidos se unirem em uma federação. A bandeira foi encampada intensamente pelo PCdoB, porque o mecanismo seria decisivo para sobrevivência da sigla. O partido é presidido nacionalmente por Luciana Santos. A vice-governadora esteve em Brasília, onde acompanhou as articulações da reforma política e do voto impresso esses dias.

2º round > Ainda que a Câmara Federal tenha rejeitado o distritão e resgatado as coligações, não está assegurado que o Senado vá endossar. O 2º turno na Câmara será na terça-feira. "Vamos ter maioria para aprovar. O esforço, agora, é trabalhar no Senado, que está dividido. Vai haver campanha de mobilização dos deputados federais, estaduais", pondera Silvio Costa Filho.


FOLHA PE

Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário