PROMOÇÃO REDE SKY

PROMOÇÃO REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

ALERTA: Pernambuco registra os primeiros casos positivos para a variante delta em moradores locais

Foto: Hélia Shepa/Arquivo SEI/Divulgação


Os primeiros casos da variante Delta da Covid-19 foram confirmados em dois pernambucanos. O resultado do sequenciamento genético foi divulgado pelo secretário estadual de saúde, André Longo, em coletiva de imprensa, na tarde desta quinta-feira (12). A ocorrência foi identificada em um morador de Abreu e Lima e em outro de Olinda, ambos municípios da Região Metropolitana do Recife. De acordo com Longo, a partir dos casos registrados, a Secretaria de Saúde vai investigar se já existe transmissão comunitária com a variante Delta no estado. A cepa é originária da índia e é considerada a mais transmissível do novo coronavírus. 


"Enquanto nos deslocávamos para esta coletiva, recebemos o resultado de um novo laudo de processamento genético do Instituto Aggeu Magalhães, e temos que informar que duas amostras positivaram para a variante Delta, que é a variante originária da Índia", explicou, inicialmente, André Longo.

Ao todo, 52 amostras foram analisadas nesta semana no estado. Os pacientes contaminados com a nova variante são do sexo masculino e têm 24 e 49 anos. O primeiro é morador de Abreu e Lima e o outro, reside na cidade de Olinda. Ambos começaram a sentir os primeiros sintomas da doença em julho.

"Outras informações ainda estão sendo levantadas. Já demos início às ações de vigilância epidemiológica para esses casos. Em Pernambuco, a partir de hoje, estamos investigando se estamos em transmissão comunitária, e não é momento de falar em abdicar de nenhum cuidado. É momento de reforçar o cuidado, usar a máscara, fazer o distanciamento físico, sempre que possível, e cuidar da higiene adequada das mãos", ressaltou o secretário de saúde. 

Navio retido no estado e sinal de alerta ligado

Até a semana passada, existia a confirmação de cinco casos da variante Delta em Pernambuco. Todos os contaminados eram tripulantes filipinos do navio cargueiro Shoveler, do Chipre. A navegação tinha 19 pessoas e foi retida no estado após a confirmação dos casos. A SES-PE informou que um dos tripulantes infectados, um homem de 50 anos, faleceu no dia 18 de julho. A embarcação chegou ao Porto de Suape no dia 30 de junho, mas já deixou o estado. 

Até a última terça-feira (10), o Brasil tinha 570 casos confirmados de pessoas infectadas com a variante Delta. O balanço computado pelo Ministério da Saúde traz um número 98% maior na comparação com o balanço divulgado na semana passada, o que mostra o rápido avanço da cepa no país. Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, a variante, que é mais transmissível, ocasionou a morte de pelo menos 36 pessoas no Brasil. 

Apesar de Pernambuco apresentar uma queda no número de casos e óbitos causados pela Covid-19, a confirmação da circulação da variante Delta no estado gera preocupação. E, por isso, os alertas sobre a importância da conclusão do ciclo vacinal com as duas doses devem ser pontos ainda mais destacados. 

"A gente reforça a importância da vacinação. No momento que começa a ter a circulação da variante Delta, a segunda dose se torna ainda mais relevante. Fazemos um apelo as pessoas que tomaram a primeira dose e não retornaram ainda para a segunda dose. Isso é essencial para o controle da pandemia", reforçou o membro do Comitê Estadual de Imunização contra a Covid-19, o médico Eduardo Jorge.


Diário de Pernambuco
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário