PROMOÇÃO REDE SKY

PROMOÇÃO REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

segunda-feira, 28 de junho de 2021

URGENTE! LÁZARO BARBOSA É PRESO EM ÁGUAS LINDAS DE GOIÁS: VEJA VÍDEO





O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, afirmou na manhã desta segunda-feira (28) que o foragido Lázaro Barboza foi preso. A publicação foi feita nas redes sociais de Caiado.

"Acabo de receber uma informação de todas as forças de segurança que estão ali na região de Cocalzinho que o Lázaro foi preso. Cumprimentar a todos aqueles que estão ali há vários dias trocando informações e chegando a esse resultado final, com a prisão do Lázaro", afirmou o governador de Goiás.

O foragido foi finalmente capturado após 20 dias em fuga na zona rural de Goiás. Lázaro, de 32 anos, é apontado como responsável pela morte de quatro pessoas da mesma família em Ceilândia, na região administrativa do Distrito Federal.

A busca pelo acusado mobilizou centenas de policiais lotados no Distrito Federal e em Goiás.

Nesta quinta-feira (24), dois suspeitos de facilitar a fuga do criminoso foram presos.

As buscas haviam sido intensificadas. Dois helicópteros foram acionados, houve reforço no número de viaturas mobilizadas e o secretário de segurança de Goiás, Rodney Miranda, se dirigiu a região de buscas intensas no município de Girassol, que teve seu acesso fechado à imprensa por uma barreira policial. As equipes passaram por lá por volta de 14h às 17h, quando voltaram para a base, montada em uma escola municipal. No início da noite as equipes retornaram à região, onde quatro peritos foram acionados, e por volta das 19h40 deixaram a área em direção à base.


Na região, pela manhã, houve um tiroteio registrado por equipes da Record TV. Em uma área próxima, um caseiro relatou na quarta-feira que trocou tiros com um homem que poderia ser Lázaro, mas não soube informar se o suspeito foi atingido. 

Na terça-feira (22), os policiais encontraram um carro abandonado e incendiado na região conhecida como Gruta dos Ecos, na saída do distrito de Girassol, em Cocalzinho de Goiás. A polícia e a perícia foram delocadas para o local para coletar impressões digitais do automóvel.

De acordo com as apurações, Lázarou chegou a trocar tiros com as equipes de segurança durante as buscas na zona rural de Edilândia, no dia 15, e um policial ficou ferido. Dias depois, nova troca de tiros, mas em ninguém atingido.

Durante a fuga, a polícia disse que o acusado circulou por áreas rurais com habilidade, agindo sempre da mesma maneira: armado, invadindo fazendas para se alimentar, beber e descansar, obrigando os moradores a cozinhar para ele.

Em duas semanas, ele matou pelo menos quatro pessoas, baleou outras três e fez reféns em chácaras. No passado, além dos crimes na Bahia, se envolveu com agressões em Goiás, roubos e estupros em Brasília.

Além do massacre da família Vidal, de acordo com a Polícia Civil, Lázaro coleciona três mandados de prisão em aberto por roubos e estupro, em Goiás, e por um homicídio na Bahia. No Distrito Federal, ele é investigado por homicídio e roubo seguido de estupro. Além disso, o acusado está foragido da penitenciária de Águas Lindas de Goiás há mais de três anos.

R7

Blog do Aberto Barbosa



Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário