PROMOÇÃO REDE SKY

PROMOÇÃO REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

DUPLICAÇÃO BR-423: Ministério da Infraestrutura atende pleito do Gilson Machado presidente da Embratur para o Agreste Pernambucano

 


Na manhã desta segunda-feira (23/11), o Ministério da Infraestrutura publicou o Edital de Duplicação da BR-423, entre os trechos de São Caetano/PE e Lajedo/PE, no Agreste Pernambucano. A pasta tem realizado ações para implementar a usabilidade da rodovia, que é utilizada por cerca de 17 mil veículos todos os dias. 

O pleito de duplicação da estrada, foi demandado pelo presidente da Embratur, Gilson Machado Neto ao Ministro Tarcísio Gomes de Freitas, em reunião na sede da Agência em Brasília, onde destacou a importância dessa rodovia para todos os que vivem na região, uma vez que a estrada faz a ligação para Caruaru/PE e passa pela principal via do estado, a BR-232.





Já foram destinados R$ 10 milhões para a elaboração do projeto de duplicação, de acordo com o DNIT. O trecho, que possui cerca de 80 km de extensão, deverá ter os serviços iniciados já em janeiro de 2021. O Lote 01 está compreendido entre o município de São Caetano (BR-232/PE com a BR-423/PE) (km 18,20 – SNV) até a cidade de Lajedo/PE, km 60,00. As propostas deste Regime Diferenciado de Contratação (RDC) serão abertas no dia 14 de dezembro de 2020, com o objetivo de acelerar o processo de duplicação. O valor estimado para o investimento é de R$ 256.858.439,66 (duzentos e cinquenta e seis milhões, oitocentos e cinquenta e oito mil quatrocentos e trinta e nove reais e sessenta e seis centavos). 

A BR-232 também foi citada na reunião como uma prioridade, já que é considerada a espinha dorsal viária do estado, com mais de 552 km de extensão, ligando a capital ao sertão pernambucano. “Manter essa pista em condições é de vital importância para o tráfego do estado, já que é a mais importante via que liga a capital com o interior, com um fluxo diário de mais de 47 mil veículos, de acordo com a Policia Rodoviária Federal” destacou o presidente Gilson. 

Ainda no encontro, Gilson apresentou as dificuldades de infraestrutura em locomoção no Arco Metropolitano, via que liga o Norte e o Sul da Grande Recife. A obra, que foi licitada pelo estado em 2012, não obteve conclusão, sendo entregue para responsabilidade do Governo Federal.


ASCOM

Blog do Alberto Barbosa


Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário