1° LUGAR REFERÊNCIA EM PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA - CARIRI EM AÇÃO

1° LUGAR REFERÊNCIA EM PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA - CARIRI EM AÇÃO
OBRIGADO JATAÚBA!

CAMPEONATO JATAUBENSE DE FUTEBOL DE CAMPO

CAMPEONATO JATAUBENSE DE FUTEBOL DE CAMPO
Click na imagem e acompanhe todos os resultados

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE SKY

REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

PF recebe informações de uma possível suspeita de bomba a bordo de uma aeronave da empresa azul no aeroporto Internacional dos Guararapes, em Recife



A Polícia Federal (PF) foi acionada na tarde desta quarta-feira (14) para apurar uma suspeita de bomba em um voo da companhia aérea Azul, da capital pernambucana para Natal (RN), no Aeroporto Internacional do Recife-Guararapes/Gilberto Freyre. O voo estava previsto para sair às 13h30, mas só seguiu para o destino por volta das 17h após a suspeita ser descartada. 

De acordo com a PF, após o procedimento de embarque, um passageiro de 64 anos, natural de Juazeiro do Norte (CE), disse que estava transportando, em sua bagagem de mão, líquidos inflamáveis e explosivos. Em seguida, o homem afirmou para a comissária de bordo que se tratava de uma bomba.

O comandante da aeronave foi informado da situação e acionou a Polícia Federal e a Infraero, que deram início aos procedimentos de segurança, desembarcando toda a tripulação, fazendo vistoria na bagagem do suspeito, busca pessoal e acessando bancos de dados criminais e realizando outros procedimentos técnicos de segurança.

"Após ter sido feito todo o procedimento de segurança, foi confirmado que não havia nenhuma ameaça ou substância explosiva dentro de sua bagagem de mão que pudesse causar ou colocar em risco tanto a aeronave como os passageiros e que se tratava apenas de uma péssima e inoportuna brincadeira", informou a PF, em nota.

Um registro de ocorrência foi feito pela Polícia Federal e, após análise aprofundada sobre o caso, o passageiro poderá responder criminalmente. "O homem não embarcará para Natal juntamente com os outros passageiros", ressaltou a Polícia Federal.




Diário de Pernambuco 
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário