1° LUGAR REFERÊNCIA EM PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA - CARIRI EM AÇÃO

1° LUGAR REFERÊNCIA EM PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA - CARIRI EM AÇÃO
OBRIGADO JATAÚBA!

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE SKY

REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

sexta-feira, 3 de maio de 2019

Edna Henrique pede ao governo federal restabelecimento do bombeamento de água do São Francisco para abastecer Monteiro, Paraíba

A Deputada Edna Henrique foi a ÚNICA DA PARAÍBA,  a defender a Transposição: Outros demais deputados federais paraibanos, estão caladinhos, achando ótimo o sofrimento da população paraibana. 



A deputada federal Edna Henrique (PSDB) solicitou ao ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, o aumento da vazão de água e o restabelecimento do bombardeamento do eixo leste da Transposição do Rio São Francisco. A parlamentar afirma que devido a baixa do volume, a cidade de Monteiro, no Cariri paraibano, está com o abastecimento suspenso desde o dia 11 de março e a população vem sendo prejudicada.
Em um Projeto de Indicação de Nº 547/2019, Edna Henrique usa dados apresentados pela Agência Executiva de Gestão da Águas (AESA) onde o órgão afirma que a vazão de água é insuficiente para atender a demanda hídrica da Paraíba. O volume de água que chega a Monteiro, de acordo com o PI, é de 250 litros por segundo, quantidade baixa, já que a vazão no local foi de 6,8 mil litros por segundo. (desde o dia 11 de março que está 100% paralisada).
De acordo com a parlamentar, o sistema de bombeamento do eixo leste foi religado após a conclusão das obras nos açudes de Poções e Camalaú. O desligamento, segundo a deputada, começou de forma gradativa no dia 20 de março de 2018, porém dias após ser religado, o bombeamento das águas da transposição foi novamente suspenso, dando sequência de uma séria de interrupções.
Ainda no começo de janeiro deste ano, as águas do Rio São Francisco voltaram a ser bombeadas após meses de paralisação do sistema em virtude de obras complementares nos açudes de Poções e Camalaú, voltando a ser suspensas em fevereiro, retomando em março e mais uma vez, agora no mês de abril, novamente o sistema foi suspenso”, explicou a deputada.
Atualmente o açude de Boqueirão está com 26,08% da capacidade total, equivalente a 107.383 metros cúbicos  de acordo com a AESA e, pela quarta vez, o bombeamento das águas para o açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, foi suspenso pelo Ministério do Desenvolvimento Regional. Diante disso, peço que o governo federal tome providências emergenciais para o restabelecimento da vazão de água para que possa atender o município de Monteiro que está sendo prejudicada”, falou a deputada Edna Henrique.

Com Ascom
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário