1° LUGAR REFERÊNCIA EM PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA - CARIRI EM AÇÃO

1° LUGAR REFERÊNCIA EM PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA - CARIRI EM AÇÃO
OBRIGADO JATAÚBA!

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE SKY

REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

terça-feira, 9 de abril de 2019

PADRE BRASILEIRO 'DONIZETTI' SERÁ BEATIFICADO


O papa Francisco vai beatificar o padre brasileiro Donizetti Tavares de Lima, morto em 1961. O anúncio foi divulgado nesta segunda-feira, (8), depois que o pontífice autorizou o decreto que reconhece milagres ao religioso. Nascido em 3 de janeiro de 1882, em Santa Rita de Cássia, em Minas Gerais, morreu aos 79 anos, em Tambaú, em São Paulo. Devoto de Nossa Senhora Aparecida, o padre atraiu milhares de devotos ao interior de São Paulo em busca de milagres.
A decisão foi anunciada depois do encontro do papa com o cardeal Ângelo Becciu, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, responsável pelos decretos que se destinam a analisar os processos relativos a milagres.
Desde 1909, como pároco, padre Donizetti atuou em defesa dos mais pobres e dos trabalhadores explorados, além de organizar a assistência aos doentes, idosos, crianças e mães necessitadas. A tudo atribuía à Nossa Senhora Aparecida.

Milagres

A Igreja Católica Apostólica Romana analisou, particularmente, dois milagres atribuídos ao padre. Um se refere o menino Nelson Santana (1955-1964), diagnosticado com osteossarcoma e morreu aos 9 anos na véspera do Natal, e outro à Gaetana Tolomeo, chamada “Nuccia” (1936-1997), afetada por uma progressiva paralisia, transformou a dor em fé.
Também foram anunciados o reconhecimento de milatres de mais cinco religiosos. Carlo Cavina, sacerdote diocesano, fundador da Congregação das Filhas de São Francisco de Sales. Raffaele da Sant’Elia a Pianisi, sacerdote da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos.
Na relação estão ainda Damiano da Bozzano, sacerdote da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, Vittorino Nymphas Arnaud Pagés, religioso do Instituto dos Irmãos das Escolas Cristãs, e Consolata Betrone , religiosa da Ordem das Clarissas Capuchinhas.

Frei Damião de Bozzano e as Santas Missões


Francisco também reconheceu as virtudes heroicas do Servo de Deus frei Damião de Bozzano, no século Pio Giannotti, sacerdote professo da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos. Ele agora torna-se Venerável. O frade capuchinho nasceu em Bozzano, na Itália, em 5 de novembro de 1898 e morreu em Recife, no Brasil, em 31 maio de 1997.
Frei Damião chegou ao Brasil, em 1931, e radicou-se em Recife. Dedicou-se às populações mais pobres do país e às Santas Missões durante os seus 66 anos de vida religiosa.
As Santas Missões eram um tempo forte de graça e conversão. A cidade parava para ouvir e celebrar a Palavra de Deus proclamada por Frei Damião. Durante a semana da Missão havia encontros específicos com homens, mulheres, jovens, catequeses para as crianças, visitas aos doentes e encarcerados.
A Missão começava geralmente na segunda-feira e encerrava-se no domingo com a procissão dos motoristas e a bênção dos automóveis pela manhã, e à noite, o grande sermão com os últimos conselhos do missionário.

Outros cinco novos Veneráveis


O Pontífice reconheceu as virtudes heroicas do Servo de Deus Carlo Cavina, sacerdote diocesano, fundador da Congregação das Filhas de São Francisco de Sales. Nasceu em Castel Bolognese, na Itália, em 29 de agosto de 1820 e morreu em 15 de setembro de 1880 em Lugo (Itália).
O Papa também reconheceu as virtudes heroicas do Servo de Deus Raffaele de Sant’Elia a Pianisi, no século Domenico Petruccelli, sacerdote professo da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos. Nasceu em Sant’Elia a Pianisi, na Itália, em 14 de dezembro de 1816 e ali faleceu em 6 de janeiro de 1901.
Reconheceu também as virtudes heroicas do Servo de Deus Vittorino Nymphas Arnaud Pagés, no século Agostino, irmão professo do Instituto dos Irmãos das Escolas Cristãs. Nasceu em Onzillon, na França, em 7 de setembro de 1885 e morreu em San Juan de Puerto Rico (Porto Rico), em 16 de abril de 1966.
O Papa também reconheceu as virtudes heroicas da Serva de Deus Consolata Betrone, no século Pierina Lorenzina Giovanna, monja professa das Clarissas Capuchinhas. Nasceu em Saluzzo, na Itália), em 6 de abril de 1903, e morreu em Moriondo (Itália), em 18 de julho de 1946.
Por fim, o Sant oPadre reconheceu as virtudes heroicas da Serva de Deus Gaetana Tolomeo, conhecida como “Nuccia”, leiga nascida em Catanzaro, Itália, em 10 de abril de 1936 e falecida ali em 24 de janeiro de 1997.






Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário