1° LUGAR REFERÊNCIA EM PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA - CARIRI EM AÇÃO

1° LUGAR REFERÊNCIA EM PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA - CARIRI EM AÇÃO
OBRIGADO JATAÚBA!

CAMPEONATO JATAUBENSE DE FUTEBOL DE CAMPO

CAMPEONATO JATAUBENSE DE FUTEBOL DE CAMPO
Click na imagem e acompanhe todos os resultados

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE SKY

REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quarta-feira, 3 de abril de 2019

“Censura” imprensa Caririzeira é atacada por publicar a verdade e incomodar grupo político



“Censura” é a aprovação ou desaprovação prévia de circulação de informação, visando à proteção dos interesses de um Estado ou grupo de poder.
A censura criminaliza certas ações de comunicação, ou até a tentativa de exercer essa comunicação. Consiste em qualquer tentativa de suprimir circulação de informações, opiniões e até formas de expressão, como a arte.
freedom-speech
Hoje o que se vive na cidade de Monteiro é uma verdadeira “ditadura” que tem o objetivo de “censurar” aplicando de forma massiva sobre os meios de comunicação que são livres e independentes e que tem o objetivo de cumprir o seu oficio o qual é resguardado por Leis, acredito que o secretario de comunicação do município de Monteiro, FRED KENNEDY DE ALMEIDA MENEZES, não entenda os princípios da moralidade ética ao publicar em seu site o seguinte texto: “O blogueiro é conhecido na região pela divulgação de matérias inverídicas contra alguns políticos, a exemplo da prefeita de Monteiro, Anna Lorena, não sendo o ex-governador Ricardo Coutinho a primeira vítima de suas publicações” com base no texto o secretario vai precisar provar na justiça a acusação proferida e republicada onde afirma a propagação das “Fake News”. Apenas a nível de informação para quem não sabe o secretario Fred foi processado a pagar danos morais por propagar links de noticias que causaram constrangimento pessoal e profissional, isso deixa claro que quando você aponta o dedo para alguém tem 3 voltados pra você, para mais informações BAIXE AQUI,
Cariri Ligado por sua vez destaca: “O blogueiro, que é do município de Zabelê, também está sendo processado pela divulgação de supostas matérias inverídicas contra a prefeita de Monteiro, Anna Lorena, não sendo o ex-governador Ricardo Coutinho a primeira vítima de suas publicações”. O que chama a atenção e que o site Cariri Ligado só em 2018 empenhou mais de 46 mil reais nos cofres públicos do município de Monteiro, dinheiro pago pelo povo para defender os caprichos de outrem, não seria um tanto estranho esse site não defender a colmeia onde jorra mel em abundancia?
Já em relação as ações movidas pelo ex-governador é um procedimento natural e serão investigadas assim como os casos de “Fake News”, me mantenho tranquilo uma vez que a matéria a qual os sites se referem não foi produzida ou originada pela redação do Portal, os milhares de leitores mantenha-se tranquilos pois o objetivo das matérias nada mais é que uma tentativa forjada de manchar a imagem do nosso trabalho que foi construído com liberdade, isenção e compromisso com a verdade sempre se sobre sai em questões como esta.
Censura-NÃO-01
Um outra questão que a “mídia marrom” não publica é que estão sendo processados por terem propagado informações falsas durante as investigações das possíveis tentativas de sequestro de crianças no cariri o que foi uma falha do Governo do Estado da Paraíba, através da secretaria de segurança publica do estado o qual também foi acionado judicialmente para arcar com os danos causados pelas falhas na investigação e divulgação de informações falsas aos meios de comunicação, pois é essa é o tipo de informações que eles não querem que você leia ou ao menos saiba, desafio a mostrarem onde há “Fake News” contra a prefeita do município Anna Lorena, se todas as matérias foram e continuarão sendo veiculadas com base nas informações do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba e Ministério Publico Federal, se tem alguém que vai precisar se explicar diante da justiça, esse alguém não sou eu!
O que fica evidente e que o grupo político da cidade se sente incomodado quando vê a população cobrar algo que é direito seu, quando meios de comunicação livres e independentes mostram investigações por fraudes em licitações da saúde e educação, a população está cansada de ler “notas” emitidas pela secom, a população quer solução dos problemas, se não há competência de resolver é um outro ponto a ser abordado, deixo claro que o direito constituído por lei de se expressar ainda é válido no Brasil e que nem uma tentativa forjada de censurar a verdade vai ser maquiada com notas, pão e circo.

Ismar Santana
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário