Promoção Magazine Luiza e Você

VESTIBULAR - INSCRIÇÕES ABERTAS

VESTIBULAR  - INSCRIÇÕES ABERTAS
FACULDADE DO CARIRI

PREVINA-SE!

PREVINA-SE!
NOSSO BLOG APOIA ESSA CAUSA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
BLACK WEEK

REDE SKY

REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

COLUNA DO 'EDMAR LYRA DESTA SEGUNDA-FEIRA

Polarização presidencial parece estabelecida até o domingo 
Na semana decisiva para a disputa presidencial, há uma clara estabilidade das candidaturas de Jair Bolsonaro, líder nas pesquisas, e Fernando Haddad segundo colocado isolado, com significativa vantagem sobre o terceiro colocado Ciro Gomes. No final de semana tivemos duas manifestações, uma contrária a Jair Bolsonaro e outra favorável ao candidato do PSL, todas bastante volumosas que repercutiram muito na mídia e nas redes sociais.
Elas evidenciaram a polarização e principalmente a força das duas candidaturas, a de Bolsonaro, e a de Haddad, apesar de as manifestações contrárias ao candidato do PSL terem sido pluripartidária, ficou latente a preferência maciça pela candidatura petista que é quem reúne as melhores condições de chegar ao segundo turno.
Os dois principais candidatos merecem reconhecimento de suas respectivas forças, Jair Bolsonaro é candidato de um partido pequeno, o PSL, que possui apenas oito segundos no guia eleitoral e praticamente nenhuma inserção na propaganda eleitoral gratuita. Ele conseguiu canalizar parte significativa dos quase cinquenta milhões de eleitores que optaram por Aécio Neves em 2014 e que não se sentiram representados por Geraldo Alckmin na disputa deste ano. Fazia tempo que não se via tanta gente defendendo um candidato como defende seu clube de futebol, Bolsonaro virou uma ideia, um sentimento, um desejo, que somente o PT conseguia canalizar estas situações.
Já Fernando Haddad demonstra a força política do PT, que venceu as últimas quatro eleições presidenciais. O PT que deixou a presidência da República através de um impeachment, teve seu maior líder político preso por corrupção, ele liderou as pesquisas até ser retirado em definitivo da eleição, e conseguiu transferir de forma absurda a sua intenção de voto para Fernando Haddad. Hoje Haddad é um candidato com chances reais de chegar à presidência da República mesmo depois de ter perdido uma reeleição para prefeito de São Paulo. É sem dúvidas uma façanha incrível.
As duas candidaturas podem ter suas incoerências e inconsistências. Elas não são perfeitas e estão longe de representar a totalidade de pensamentos da sociedade brasileira, porém, elas foram competentes e estão legitimadas a chegar ao segundo turno pelo voto porque convenceram a maioria dos eleitores que sinalizam optar pelas duas candidaturas líderes nas pesquisas.
Fragilidade – Disputando as últimas vagas da coligação Pernambuco Vai Mudar, o candidato a deputado estadual Gustavo Gouveia (DEM) conta com pelo menos cinco mil votos em Surubim para garantir o mandato na Assembleia Legislativa de Pernambuco, porém o que se comenta é que ele conquistará menos de três mil votos devido à fragilidade do apoio de Tulio Vieira, que está fora da prefeitura e não tem força política para garantir votos. A votação em Surubim poderá custar o mandato em outubro.
São Lourenço – O prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira, realizou um grandioso ato na cidade para a candidatura de Armando Monteiro a governador, contando com a chapa majoritária no evento. Durante seu discurso, Bruno pediu os votos para seus candidatos Zeca Cavalcanti (federal) e Guilherme Uchoa Junior (estadual), a quem promete garantir expressivas votações.
Lula Cabral – O prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, deu uma grande demonstração de força ao reunir 20 mil pessoas na cidade para o ato das candidaturas de Fabiola Cabral e Eduardo da Fonte. Bem-avaliado, Lula espera que Eduardo seja o federal mais votado da cidade, e que Fabíola seja a estadual mais votada do município.
Surpresa – Muitos estão apostando que a delegada Gleide Ângelo será uma das deputadas estaduais mais votadas de Pernambuco, configurando-se na principal surpresa das eleições deste ano. Ela é candidata pelo PSB e estaria figurando bem posicionada com menções espontâneas em pesquisas para a eleição proporcional.
Pesquisas – A semana decisiva já tem oito pesquisas registradas para governador e senador de Pernambuco. Começa com Ibope nesta terça-feira, Real Time Big Data nesta quarta, Datafolha e Ipespe na quinta, Datafolha, Veritá, Datamética e Ibope na sexta. A Real Time Big Data você confere com exclusividade no Blog Edmar Lyra e na RecordTV.
RÁPIDAS
Recuperando a liderança – O ex-prefeito de Belém de Maria, Tio Correia, tem feito uma grande campanha no município e pode ser a surpresa nestas eleições fazendo de seus candidatos Beto Accioly estadual, e Milton Coelho federal, os mais votados na cidade. Tio Correia irá disputar com chances reais de vitoria a prefeitura da cidade em 2020.
Debate – A Universidade Salgado de Oliveira (Universo) promove nesta segunda-feira um debate entre os candidatos a governador. Já confirmaram presença Julio Lossio (Rede Sustentabilidade) e Maurício Rands (PROS). O evento ocorrerá a partir das 19 horas no auditório da instituição, e este jornalista estará realizando a mediação do debate.
Inocente quer saber – Haverá reviravolta na eleição para governador e senador de Pernambuco na semana final?

Por Edmar Lyra







Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio