Promoção Magazine Luiza e Você

VESTIBULAR - INSCRIÇÕES ABERTAS

VESTIBULAR  - INSCRIÇÕES ABERTAS
FACULDADE DO CARIRI

PREVINA-SE!

PREVINA-SE!
NOSSO BLOG APOIA ESSA CAUSA

GRANDE FEIRÃO REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

GRANDE FEIRÃO REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
PROMOÇÃO FEIRÃO

REDE SKY

REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Fachin nega pedido para suspender ação penal de Lula em caso Odebrecht


O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), negou uma liminar (decisão provisória) pedida pela defesa de Luiz Inácio Lula da Silva para que fosse suspensa uma das ações penais em que o ex-presidente é acusado pelo suposto recebimento de propina da empresa Odebrecht. O caso está sob responsabilidade do juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba.
No pedido, os advogados de Lula argumentaram que uma decisão do Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) recomendou que o Brasil não pratique nenhum ato que embarace a conclusão do processo aberto no órgão internacional sobre suposta irregularidades cometidas por Moro contra o ex-presidente.
Para a defesa de Lula, Moro não poderia dar andamento a mais uma ação penal contra o ex-presidente ao mesmo tempo em que tem sua imparcialidade julgada na ONU.
Na decisão assinada ontem (29), Fachin entendeu que a recomendação do órgão multilateral não se aplica ao caso. O ministro escreveu que “quanto às alegações atinentes ao comitê da ONU, como citado, a matéria não se enfeixa em exame preambular atinente ao campo especificamente da seara penal”.
Em setembro, o plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), considerou, por 6 a 1, que uma outra recomendação da ONU, para que fosse garantidos os direitos políticos de Lula, não vincularia a Justiça Eleitoral brasileira e julgou o ex-presidente inelegível pela Lei da Ficha Limpa. Também ministro do TSE, Fachin foi o único a votar na ocasião de modo favorável ao ex-presidente.
Lula está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde cumpre a pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá (SP). A condenação foi confirmada pela segunda instância da Justiça Federal, o que levou o TSE a enquadrar o ex-presidente na Lei da Ficha Limpa. Ele recorre às instâncias superiores contra a condenação.
Agencia Brasil
Compartilhar:

POLÍCIA MILITAR PRENDEU EM GRAVATÁ INTEGRANTE DO “COMANDO VERMELHO” QUE PARTICIPOU DE UMA TENTATIVA DE ASSALTO, ONDE TROCOU TIROS COM A PM EM BEZERROS-PE



Policiais militares das equipes Caça Homicida e ROCAM, além de policiais de folga, prenderam na tarde desta segunda-feira (29), Diogo Chastner de Lima Oliveira, de 28 anos, que mora no Recife. Ele já foi preso duas vezes por assalto.

Esse bandido que é integrante da facção criminosa Comando Vermelho, veio a cidade de Bezerros acompanhado de outros três comparsas que davam apoio ao assalto em um carro e o Diogo tentou assaltar uma loja de matérias de construção em Bezerros, onde houve confronto com a PM numa troca de tiros e o marginal foi preso após pegar um mototaxi em Bezerros e foi abordado quando estava chegando na rodoviária de Gravatá.

Este meliante será apresentado amanhã na audiência de custódia.


Blog do Adielson Galvão
Compartilhar:

MULHER FOI PRESA COM 90 BIG-BIGS DE MACONHA EM BEZERROS-PE



Numa ação conjunta entre as equipes ROCAM e Caça Homicida, com o apoio de policiais de folga e do Canil do 1º BIEsp, foi presa na tarde desta segunda-feira (29) em Bezerros, Eduarda Maria da Conceição, que portava 90 Big-bigs de maconha e de acordo com os policiais ela traficava a droga com o esposo que não foi localizado.

A mulher e a droga foram apresentadas na delegacia local, onde foi lavrado o Auto de Prisão em Flagrante Delito e a imputada será apresentada na audiência de custódia.



Blog do Adielson Galvão
Compartilhar:

Estudioso prevê chuvas isoladas em novembro, dezembro e acima da média em janeiro


Novembro e dezembro terão chuvas isoladas no semiárido do Estado, prevê o físico e meteorologista Rodrigo Cézar Limeira. Novembro é o primeiro mês da pré-estação chuvosa do semiárido da Paraíba, e as chuvas observadas no citado mês, poderão estar associadas também a Instabilidade Atmosférica decorrente da atuação de Frentes Frias no sul do Estado da Bahia.
Com o período chuvoso em curso no sul do Nordeste, o escoamento em altos níveis propicia a entrada de umidade do sul da Bahia em direção ao sertão paraibano. Com o calor intenso que é comum em novembro na região, a interação calor e umidade favorece a ocorrência de chuvas localizadas na mencionada área.
Em outubro foram observadas precipitações atípicas no interior do Estado, também associadas a esse fenômeno.
Conforme indica o estudioso Rodrigo Cézar Limeira, o fenômeno El Niño está em formação e deve se configurar entre os meses de dezembro e janeiro próximos no Pacífico Central. Com isso o físico e meteorologista prevê um calor acima do normal no Nordeste brasileiro para esse final de ano, e durante o primeiro semestre de 2019. Isso porque o mencionado fenômeno favorece a atuação de uma alta pressão persistente sobre o Nordeste, o ar descendo de altos níveis em direção a superfície, inibe a formação de nuvens de chuva e deixa a superfície muito exposta à radiação solar.
Com El Niño, muita energia disponível para convecção fica presente na atmosfera do semiarido, assim eventos de chuva poderão ocorrer nos dois meses mencionados, sendo que em dezembro a probabilidade de precipitação na região semiárida paraibana aumenta, mas é um chuva que cai de forma muito irregular.
Só lembrando, não é sempre que o fenômeno El Niño desfavorece a ocorrência de chuvas no semiárido do Estado, no final do ano, e também no mês de janeiro, dependendo das condições também do Atlântico Sul na altura da costa leste do Nordeste e do Atlântico Norte, podem ocorrer eventos significativos de chuva no Estado, assim como foi observado nos meses de janeiro dos anos de 1998, 2004, 2010 e 2016, onde choveu bem acima da média no semiárido do Estado, com o El Niño presente no Pacífico Central.
Agora de fevereiro a maio, pontua Rodrigo Cézar Limeira, com El Niño configurado as chuvas devem ocorrer de forma muito irregular no semiárido, fato que deve provocar prejuízos nas lavouras, principalmente de milho na região.
A região de Patos-PB conforme observados nos eventos de El Niños de 1998, 2007, 2010, 2015 e 2016 registrou chuvas abaixo da média dentro do período de estação chuvosa que dura de fevereiro a maio.
Em 2004 as chuvas em Patos ficaram dentro da normalidade, devido ao evento extremo de chuvas observadas no referido mês de janeiro daquele ano, em que ocorreu um acoplamento entre três grandes sistemas meteorológicos precipitantes, Frentes Frias chegando uma após a outra no Sul da Bahia, Vórtice Ciclônico persistente sobre o litoral baiano e Alta da Bolívia intensa e organizada sobre o Centro Oeste, favoreceram a ocorrência do mês de janeiro mais chuvoso da história na região.
De acordo com Rodrigo Cézar Limeira, o período de retorno do evento de chuvas observado em janeiro de 2004 é de cerca de 95 anos.
Para Rodrigo, as chuvas em janeiro de 2019 deverão ficar acima da média no semiárido da Paraíba. Eventos de 70 mm, 100 mm, 150 mm e até 200 mm de chuva poderão ocorrer numa única noite, sendo resultado da atuação de Vórtices Ciclônicos de Ar Superior e também do aquecimento progressivo do Atlântico Sul na altura da costa leste do Nordeste.
O calor excessivo associado a configuração do El Niño em janeiro, será o combustível para boas chuvas que devem ser observadas no mês de janeiro de 2019 no semiárido do Estado.
A região de Patos-PB conforme prevê o físico, meteorologista e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira, deverá registrar chuvas abaixo da média durante a quadra chuvosa de fevereiro a maio.
A estação chuvosa na região de Patos e em todo o semiárido da Paraíba deverá terminar após o dia 15 de abril de 2019, isso se deve ao fenômeno El Niño, a exemplo do observado nos últimos eventos do fenômeno, registrados nos anos de 2004, 2005, 2007, 2010, 2015 e 2016.

Do: Cariri em Ação
Compartilhar:

Duas jovens ficam feridas após acidente em Santa Cruz do Capibaribe-PE


No início da manhã desta terça-feira (30), duas jovens se envolveram em um acidente no bairro Bela Vista, em Santa Cruz do Capibaribe, região Agreste de Pernambuco.

De acordo com informações, as vítimas se deslocavam para o trabalho em uma motocicleta quando teriam sido supostamente atingidas por outro veículo. Ambas ficaram caídas no chão até a chegada do socorro médico que foi acionado por populares.

A unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) encaminhou as duas mulheres para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) local. As respectivas identidades das mesmas não foram informadas.


Blog do Bruno Muniz
Compartilhar:

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

HOMICÍDIO E TENTATIVA DE HOMICÍDIO FORAM REGISTRADOS NA ZONA RURAL DE TAQUARITINGA DO NORTE-PE



Na noite deste domingo,30, um homicídio e uma tentativa de homicídio foram registrados no distrito de Vila do Socorro, em Taquaritinga do Norte.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, o fato aconteceu na Rua Nossa Senhora do Perpétuo socorro, onde duas pessoas foram atingidas por disparos de arma de fogo.

A vítima que não resistiu e morreu no local foi Jaelson José da Silva (28 anos, foto acima). Já o ferido, José Eronilson Barbosa (foto abaixo) foi atingido com um tiro nas nádegas, sendo socorrido e levado para a UPA 24h de Santa Cruz do Capibaribe. O quadro de saúde é estável.

Populares relataram que dois elementos se aproximaram das vítimas e efetuaram os disparos. Uma das vítimas, que era ex-segurança, já tinha sido alvo de tentativa de homicídio meses antes.

O caso segue em investigação e novas informações devem ser divulgadas nas próximas horas.

Blog do Ney Lima
Compartilhar:

Em denúncia: um popular mostra Ambulância da cidade de Jataúba que supostamente estava carregando máquinas em Santa Cruz do Capibaribe


Na última sexta-feira uma grave denúncia foi feita em grupos de redes sociais por um popular que não quis se identificar, no vídeo enviado pelo denunciante uma ambulância da cidade de Jataúba estava em uma rua do centro da cidade de Santa Cruz do Capibaribe mas precisamente próximo a Rua dos Pacas carregando máquinas de costura em uma oficina.

No vídeo que foi postado junto com um áudio narrado pelo denunciante o mesmo diz:"Ambulância de Jataúba serve para carregar máquina visse, ééé, a cidade lá é chique, aqui num tem nem para carregar gente, lá serve para carregar máquina, ela tava carregando quatro máquinas ali num setor" disse um popular em um áudio. Apesar do carro está parado no local e com a porta traseira aberta não é possível no vídeo identificar as máquinas citadas pelo popular.

Resposta

Em contato com a Secretaria de Saúde do município, fomos informados de que as providências do caso já foram tomadas com a identificação do motorista. "Já identificamos o motorista e o suspendemos por 15 dias, e mandamos para após esse período o mesmo procurar o administrativo para que seja resolvido", respondeu a secretária de Saúde Anne Gabrielly.




Jota Silva / Agreste No Ar
Compartilhar:

domingo, 28 de outubro de 2018

Vândalos riscam imagens de santos e revoltam fiéis no Cariri



Um caso de vandalismo revoltou os fieis católicos que fazem parte da Paroquia de Nossa Senhora da Conceição, na cidade de Serra Branca, no Cariri Paraibano. O fato ocorreu neste sábado, dia 27.
Durante a Missa, realizada na manhã deste domingo, dia 28, o pároco da cidade, Francisco Evaristo, revelou o fato dizendo que vândalos entraram na Igreja Católica e riscaram todas as imagens, inclusive o “Sacrário”.
“Eles riscaram todas as imagens com o número de um candidato. Tivemos muito trabalho para retirar. Pedimos que este tipo de vandalismo não aconteça mais. Pedimos paz à todos”, falou.
Redação Cariri em Ação
Compartilhar:

Pesquisas indicam maior fragmentação da história nos governos estaduais


O resultado das últimas pesquisas de intenção de voto para governador nos Estados em que haverá 2º turno aponta 1 recorde de fragmentação: 12 partidos devem comandar ao menos uma unidade federativa. Em 2014, o recorde de fragmentação até agora, foram 10 siglas governando ao menos 1 Estado.
Três siglas devem eleger mandatários estaduais pela 1ª vez: PSC, PSL e Novo. Romeu Zema (Novo) lidera a corrida em Minas Gerais, o PSC lidera em 2 Estados com Wilson Witzel (Rio) e Wilson Lima (Amazonas), já a legenda de Jair Bolsonaro pode vencer em Roraima, com Denarium, e Rondônia, com Coronel Marcos Rocha.
As eleições de 2018 já trouxeram outros recordes de fragmentação. O número de siglas com representantes eleitos para a Câmara (30) e para o Senado (21) também foi o maior da história. Na Câmara, o total de legendas deve cair para 21 por causa da cláusula de desempenho.
Segundo as pesquisas de intenção de voto, o PSDB deve recuar no número de Estados que comandará. O partido chegou a ter 8 governadores em 2010. Mas neste ano não conseguiu emplacar nenhum candidato no 1º turno. Está na disputa do 2º em 3 lugares: Mato Grosso do Sul, São Paulo e Rio Grande do Sul. O único em que a sigla lidera é o último Estado, com o ex-prefeito de Pelotas Eduardo Leite. Antonio Anastasia (MG) aparece na 2ª posição e João Doria (SP) está empatado com Márcio França (PSB), de acordo com os levantamentos divulgados neste sábado (27.out).
O PT conseguiu se manter dentro da média e deve ficar com 4 governadores. Três deles se elegeram no 1º turno: Camilo Santana (CE), Rui Costa (BA) e Wellington Dias (PI). No 2º turno, a senadora Fátima Bezerra lidera a corrida no Rio Grande do Norte. O partido lidou com o revés de não conseguir reeleger Fernando Pimentel em Minas Gerais.
Este ano também marcou o retorno do DEM ao comando dos Estados. Em 2014, o partido não elegeu nenhum governador. Agora, Ronaldo Caiado (GO) venceu no 1º turno. E o partido ainda disputa o 2º no Pará, com Márcio Miranda, e no Rio de Janeiro, com Eduardo Paes.
Caso todos os atuais primeiros colocados nas pesquisas fossem, de fato, eleitos governadores, PT e PSB seriam os partidos com o maior número de chefes estaduais –4 cada 1.
Eis como ficaria o mapa de com as unidades federativas coloridas conforme o líder numérico nas pesquisas (desconsiderando empates na margem de erro):

Poder360
Compartilhar:

Ibope: Bolsonaro 54% x 46% Haddad; Datafolha: Bolsonaro 55% x 45% Haddad


Pesquisas divulgadas por Ibope e Datafolha na noite de sábado (27.set.2018), véspera da decisão do 2º turno das eleições, indicam tendência de vitória de Jair Bolsonaro (PSL) na corrida presidencial.
O Ibope aponta o candidato do PSL com 54% dos votos válidos. Fernando Haddad (PT) tem 46%. Já o Datafolha mostra Bolsonaro com 55%, contra 45% do petista.

DATAFOLHA

IBOPE

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. É o mesmo procedimento utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 1º turno, 1 candidato precisa de 50% dos votos válidos mais 1 voto.
Já na pesquisa estimulada do Datafolha considerando os votos totais, com brancos e nulos, Bolsonaro lidera com 47%. Em seguida vêm Haddad com 39%. Eis 1 gráfico de intenção de voto:
Segundo o Ibope, no cenário estimulado, em que é considera os votos brancos e nulos, Bolsonaro lidera com 47%. Em 2º lugar pontua Haddad com 41%.
Eis os números:
A pesquisa Datafolha foi contratada pelo jornal Folha de S. Paulo e pela TV Globo. Foram entrevistados 18.371 eleitores de 26 a 27 de outubro em 340 municípios do país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o código BR-02460/2018
O levantamento do Ibope foi encomendado pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S.Paulo. Foram entrevistados 3.010 eleitores eleitores de 26 a 27 de outubro. O nível de confiança estimado é de 95% e a margem de erro é de 2 pontos percentuais. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o nº BR‐ 02934/2018.

REJEIÇÃO – DATAFOLHA

O Datafolha levantou dados sobre a rejeição dos postulantes ao Planalto. Neste levantamento, os entrevistados puderam citar mais de 1 candidato. Por isso, os resultados somam mais de 100%.
Jair Bolsonaro
  • Votaria com certeza – 46%
  • Talvez votasse – 8%
  • Não votaria de jeito nenhum – 45%
  • Não sabe – 2%
Fernando Haddad
  • Votaria com certeza – 38%
  • Talvez votasse – 9%
  • Não votaria de jeito nenhum – 52%
  • Não sabe – 2%
Eis os números:

REJEIÇÃO – IBOPE

O Ibope também levantou dados sobre a rejeição dos postulantes ao Planalto. Similar ao estudo do Datafolha, os entrevistados puderam citar mais de 1 candidato. Por isso, os resultados somam mais de 100%.
Jair Bolsonaro
  • Com certeza votaria nele para presidente – 39%
  • Poderia votar nele para presidente – 10%
  • Não votaria nele de jeito nenhum – 39%
  • Não o conhece o suficiente para opinar – 11%
  • Não sabem ou preferem não opinar – 1%
Fernando Haddad
  • Com certeza votaria nele para presidente – 33%
  • Poderia votar nele para presidente – 12%
  • Não votaria nele de jeito nenhum – 44%
  • Não o conhece o suficiente para opinar – 10%
  • Não sabem ou preferem não opinar – 2%
Eis 1 gráfico completo:
Poder360 
Compartilhar:

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Paraná Pesquisas Divulgada Nesta Sexta-Feira 26/10: Bolsonaro Tem 60,6% dos Votos Válidos; Haddad, 39,4%

DqbviexW4AEBRZb.jpg

Levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas, a pedido da Empiricus e da revista Crusoé, mostra o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) com 60,6% dos votos válidos, contra 39,4% de seu adversário, o petista Fernando Haddad.

Ao contrário do que afirma Datafolha, que apontou leve queda de Bolsonaro, na realidade o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) aparece na última pesquisa Crusoé-Instituto Paraná com 60,6% dos votos válidos. Fernando Haddad (PT) tem 39,4%.
As informações foram divulgadas em transmissão ao vivo no site da revista Crusoé nesta sexta-feira 26/10
O levantamento anterior feito pelo Instituto Paraná Pesquisas em parceria com a revista Crusoé sobre o segundo turno da corrida presencial foi divulgado nove dias atrás. Na época, Bolsonaro contabilizou 60,9% dos votos válidos, enquanto Haddad tinha 39,1%.
A amostra foi feita com 2.120 eleitores, realizada entre os dias 23 e 25 de outubro, com um grau de confiança de 95%. Margem de erro de 2% para resultados gerais.
Bolsonaro tem grandes possibilidades de ser o presidente mais bem votado da história do Brasil.

PODER 360/O ANTAGONISTA
Compartilhar:

Em Limoeiro-PE, Polícia Federal autua quatro pessoas com R$ 1,9 mil em notas falsas

Grupo estava na cidade de Limoeiro, no Agreste, quando foi abordado numa blitz pelas polícias civil e militar

Imagem: Divulgação/PF

A Polícia Federal em Pernambuco autuou em flagrante quatro pessoas suspeitas de circularem com notas de real falsificada. Dois homens e duas mulheres foram pegos, após pagarem artesanato com uma nota de R$ 100 falsa. O grupo foi abordado por policiais militares e civis numa blitz da Operação Malhas da Lei, que acontecia no município de Limoeiro, no Agreste. No banco traseiro do carro que eles estavam, os policiais encontraram R$ 1, 8 mil em notas com o mesmo número de série. Outros R$ 100 falsificados, já havia sido repassado pelo grupo em uma lojinha de artesanato na cidade. 

Adriana Rufino da Silva, 37, Poliana Oliveira de Arruda, 21, José da Silva Barbosa, 25, e David da Silva Barbosa, 18, foram detidos e trazidos para a sede da Polícia Federal, no Recife. Eles estavam no veículo Palio, de placas KIN 6412, quando ocorreu a prisão. Os quatro foram autuados pelo crime contido no artigo 289, parágrafo 1º do Código Penal, que corresponde a adquirir, repassar ou guardar moeda falsa. Caso sejam condenados, poderão pegar penas que variam de 3 a 12 anos de reclusão, além de pagamento de multa. 

Em seus interrogatórios, os presos disseram que saíram do Recife com destino à cidade de João Alfredo, no Agreste, para fazer uma visita a parentes e pararam em Limoeiro, ficando numa pousada para depois seguirem viagem. Foi quando um dos ocupantes parou numa loja de artesanato para adquirir duas bonecas. Disseram também que o dinheiro falso seria fruto de uma venda de uma moto na qual haviam recebido parte do dinheiro em notas falsas, porém ao consultar a placa da moto, os policiais verificaram que se tratava de um veículo Palio. O Palio que os suspeitos se encontravam era emprestado de um amigo para que a viagem fosse realizada. 

Após a autuação, os presos realizaram Exame de Corpo de Delito no Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro e, em seguida, foram encaminhados para a audiência de custódia, onde foram todos liberados e deverão responder ao processo em liberdade.

ESTATÍSTICAS EM PERNAMBUCO

EM 2018:
3 apreensões;
R$ 32.700,00;
4 presos;

EM 2017:
5 apreensões;
R$ 49.900,00; 
7 presos;

EM 2016: 
2 apreensões;
R$ 11.620,00;
2 presos;

A maior apreensão realizada pela Polícia Federal no Estado de Pernambuco aconteceu no dia 14 de setembro de 2009 por meio da “Operação Contenção”, realizada nas cidades de Canhotinho, Agrestina e Caruaru, no Agreste, quando foram presas quatro pessoas e apreendidas R$ 44.900,00 em notas falsas.

PF intensifica fiscalização

A PF em Pernambuco intensificou a fiscalização de tendo em vista a aproximação das festas de fim de ano e do comércio aquecido em eventos tais como: Carnaval, São João, e as de fim de ano Natal e Ano Novo, principalmente nas cidades do interior, em eventos, shows e casas noturnas, quando se percebe que a movimentação e aglomeração de pessoas no comércio é crescente atraindo assim grande circulação de dinheiro, alerta a população para redobrar o cuidado com relação ao perigo de recebimento de notas falsas. Em tempos de liquidações e queima de estoque o consumidor e comerciantes devem ficar atentos na hora receber valores em dinheiro porque uma das grandes táticas utilizadas pelos criminosos é usar notas de valores altos para comprar itens baratos, em busca do troco. 

Algumas pessoas já passaram pela situação constrangedora de serem informadas pelo caixa do banco ou do comércio que o dinheiro usado para pagar é falso. Muitas dessas falsificações são bem grosseiras e de fácil identificação, mas nem sempre é assim; algumas exigem uma análise mais detalhada, para que seja constatada a fraude. Se uma pessoa recebe uma nota falsa quase sempre vai ter de arcar com o prejuízo, porque não existe uma legislação que garanta a troca por dinheiro verdadeiro. 

Se o saque for feito em caixa eletrônico, a recomendação é que o consumidor tire um extrato que comprove o saque e procure o gerente da agência afim de que possa haver um entendimento mútuo acerca do ressarcimento dos valores. Quem receber uma nota falsa nunca deve passá-la adiante com o objetivo de livrar-se do prejuízo – pois poderá ser preso em virtude de incorrer no mesmo crime. A nota falsa deve ser entregue a um banco, que a encaminhará ao Banco Central ou procurar a Polícia Federal para que seja iniciada uma investigação.

DICAS DE SEGURANÇA PARA EVITAR O RECEBIMENTO DE NOTAS FALSAS:

CONHECIDO MÉTODO “TOCAR – OBSERVAR – INCLINAR”. Este método permite identificar um grande número de notas falsas percebendo se a textura da nota é diferente do normal e se os elementos de segurança são visíveis pela observação da nota em contraluz ou através da sua inclinação. 

SIGA ALGUMAS ORIENTAÇÕES TAIS COMO:

1. CONHEÇA BEM A NOTA VERDADEIRA: Geralmente pessoas que lidam diariamente com dinheiro, como os caixas de banco e comerciantes, sabem facilmente identificar uma nota falsa - essa experiência em manusear diariamente o dinheiro verdadeiro faz com que eles se tornem especialistas em identificar notas falsas.

2.COMERCIANTE: NÃO TENHA PRESSA NO ATENDIMENTO: Geralmente essas notas são passadas em locais de grande concentração de pessoas, feiras, lojas, supermercados, comércio ambulante, e muitas vezes a pressa do comerciante para atender um maior número de clientes faz com que ele não tome o devido cuidado em verificar a nota que está recebendo. 

3-VERIFIQUE SE AS NUMERAÇÕES DAS NOTAS NÃO SÃO IGUAIS: Ao receber duas notas de igual valor verifique se as numerações não são iguais, os falsários não costumam fazer notas falsas com numeração diferente porque isso acarreta em custos com impressão por ter que mudar a matriz da impressão.

4. OBSERVE A TEXTURA DA NOTA: Outra cautela que pode ser tomada é reparar na textura do papel das notas que estão sendo recebidas, as notas falsas tendem a ser lisas, enquanto as notas verdadeiras são ásperas e possuem um alto relevo e saliência nos itens de segurança que pode ser percebido pelo tato. Sinta com os dedos o papel e a impressão.

5. OBSERVE A IMPRESSÃO DA NOTA - Nas cédulas legítimas, as tonalidades de cores são firmes – as notas falsas têm cores com pouca nitidez e costuma haver borramento das cores.

6. VERIFIQUE A MARCA D'ÁGUA COLOCANDO A NOTA CONTRA A LUZ.

7. NO CASO DE DÚVIDA, COMPARE A NOTA SUSPEITA COM UMA NOTA VERDADEIRA. 

8. BAIXE O APP GRÁTIS “DINHEIRO BRASILEIRO” NO SEU SMARTPHONE - O aplicativo que foi desenvolvido pelo Banco Central não analisa a autenticidade da cédula, apenas ajuda a identificar e conhecer os itens de segurança.


Diário de Pernambuco
Compartilhar:

Justiça Eleitoral faz apreensões em 17 Universidades 'Comunistas' em todo o Brasil

Fachada da Faculdade de Direito da UFF estende bandeira antifascista


São Paulo – Policiais e fiscais de tribunais eleitorais realizaram uma série de ações em 17 universidades públicas por todo o país nessa quinta-feira, 25, que foram apontadas como censura pela comunidade acadêmica e por entidades civis. As medidas, na maior parte relacionadas à fiscalização de suposta propaganda eleitoral ocorreram no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Ceará, Pará, Paraíba, Bahia, Rio Grande do Sul, Goiás e Mato Grosso do Sul.

No Rio, a Justiça ordenou que a Faculdade de Direito da Universidade Federal Fluminense retirasse de sua fachada uma bandeira que diz “Direito UFF Antifascista”. Para a Justiça, a faixa tem “conteúdo de propaganda eleitoral negativa contra o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro”. Os estudantes organizam uma manifestação para esta sexta-feira. Em nota, a seção do Rio da Ordem dos Advogados do Brasil manifestou “repúdio” a decisão da Justiça Eleitoral que tentam censurar a liberdade de expressão de estudantes e professores das faculdades de direito: (Esse porras dos estudantes não sabem o que LEI ELEITORAL?


A determinação de retirada da bandeira é da juíza Maria Aparecida da Costa Barros, segundo sites de notícias. Ela teria dado prazo até a meia-noite de ontem para cumprimento da decisão, sob pena de desobediência e responsabilização criminal do diretor.

Decisão judicial do TRE nesta data (25/10) entendeu ser a bandeira e os eventos promovidos na Faculdade de Direito sob a expressão Anti-Fascismo alusivas enquanto campanha negativa ao presidenciável Jair Bolsonaro. Nesse sentido, determinei a retirada da bandeira e a ausência de novas manifestações”, escreveu o professor.

Na decisão, a juíza alega que os dizeres seriam propaganda negativa contra Jair Bolsonaro (PSL). Ela cita que houve 12 denúncias por propaganda irregular no campus, e que os fiscais teriam encontrado panfletos, adesivos e cartazes, no Centro Acadêmico, com mensagens a favor do adversário do PT, Fernando Haddad, e que associariam Bolsonaro a ódio e fascismo.

O professor Paulo Roberto dos Santos Corval, chefe do Departamento de Direito Público, relatou que os fiscais eleitorais afirmaram ter um mandado verbal expedido pela juíza Maria Aparecida da Costa para verificar ocorrência de propaganda política irregular. No entanto, segundo Corval, nenhuma documentação foi apresentada pelos fiscais.

Em outras regiões do Brasil


Em Campina Grande, na Universidade Estadual da Paraíba, professores e alunos disseram que agentes da Polícia Federal e fiscais do TRE perguntaram aos professores sobre qual disciplina eles ministravam e o que estava sendo abordado nas aulas nos últimos dias. Segundo reportagem do jornal O Globo, a reitoria da universidade e os próprios professores da instituição confirmaram a denúncia.


Na Paraíba, o juiz responsável pela expedição disse que estava apenas cumprindo a legislação. “(A ação foi para) proibir o uso do espaço público, que é a universidade, a lei proíbe, para fazer politica partidária”, disse Horácio Ferreira de Melo Júnior, juiz da 17ª zona eleitoral. Na universidade da Paraíba, além dos materiais, um “Manifesto em Defesa da Democracia” foi apreendido.
Entrada da Universidade Federal da Paraíba, em João Pessoa Foto: Divulgação

Feito pelos docentes, que estiveram em assembleia no último dia 17, o “Manifesto em Defesa da Democracia” não fazia referência explícita a nenhum candidato político. Eles defendem principalmente, em dez pontos, “a liberdade de ensino e pesquisa” e a “valorização docente”.


Confira a lista de universidades:
Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
Universidade do Estado do Pará (Uepa)
Universidade Federal de Campina Grande (UFCC)
Universidade Federal Fluminense (UFF)
Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
Universidade Federal de Minas (UFMG)
Unidade Acadêmica dos Palmares (Unilab-CE)
Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (Cepe-RJ)
Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab-Fortaleza)
Universidade do Estado da Bahia (Uneb-Serrinha)
Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Universidade Católica de Petrópolis (UCP)
Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ-MG)
Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)
Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa-RN)
Universidade Federal do Amazonas (Ufam)
Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS-SC)
Universidade Estadual Paulista (Unesp-Bauru/SP)
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Instituo Federal de Brasília (IFB)
Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT)
Universidade Federal de Itajubá (MG)
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Universidade do Estado da Bahia (Uneb)

EXAME.COM
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio