Promoção Magazine Luiza e Você

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
1° FEIRÃO DO ANO

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

APOIO: REDE SKY

APOIO: REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Prefeito de Moreno agride professor que pedia reajuste salarial: VEJA VÍDEO


Com informações do JC Online

O prefeito da cidade de Moreno, Vavá Rufino (PTB), deu um tapa em um professor durante um protesto da categoria, na tarde desta quarta-feira (25), segundo a presidente do Sindicato dos Profissionais em Educação de Moreno, Josineide Oliveira. “Isso ocorreu por volta das 12h30. Éramos cerca de 50 professores acampados na Prefeitura. Primeiro, o prefeito pediu para os guardas notificarem o carro de som. Depois, o prefeito saiu da sua sala, viu Frederico carregando a bateria de um sistema de som, deu uma tapa no servidor e ainda danificou o nosso equipamento”, contou Josineide.

Um Termo Circunstancial de Ocorrência (TOC) foi feito na delegacia local pela vítima, que ainda foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) para fazer exame de corpo de delito.  Quatro mulheres com cargos na prefeitura também teriam bateram no servidor. "Uma delas chegou a apertar o pescoço dele”, lembrou Josineide.

Paralisação

Os professores da rede municipal de ensino de Moreno estão paralisados desde o dia 20 de junho. Pais e alunos da rede de ensino se juntaram aos profissionais da educação para pressionar a gestão municipal a cumprir o reajuste do piso nacional de professores, de 6,81%. O governo do município propôs um reajuste de 2,95%, que foi questionado pela categoria. 





Nota da  Prefeitura de Moreno

Em relação aos fatos ocorridos na manhã desta quarta-feira (25.07), na sede do Governo Municipal, envolvendo o Sindicato dos Servidores da Educação, a Prefeitura do Moreno esclarece:
1) Em 18 meses de gestão, a Prefeitura tem mantido um diálogo permanente com a categoria;


2) No início de 2017, a Prefeitura efetuou pagamentos atrasados da categoria, deixados pela gestão anterior. A gestão está mantendo todos os salários em dia atendendo, inclusive, com valores acima da lei do piso nacional;

3) Em 2017, a Prefeitura investiu quase 37% da receita líquida em educação, quando o mínimo obrigatório é 25%, sendo que a maior parte desse percentual vai para o pagamento dos salários dos professores;

4) No período de 2009 a 2018, o aumento dos vencimentos dos professores da Rede Municipal de Ensino foi 158%, quando a inflação do mesmo período foi de 107%;

5) Diante da situação financeira que compromete mais de 54% da receita corrente líquida com pagamento da folha de pessoal, o município está impedido, pela Lei de Responsabilidade Fiscal,  de promover qualquer aumento salarial;

6) Apesar de todo o esforço da gestão e do diálogo, os membros do sindicato ocuparam o prédio sede da prefeitura com provocações, agressões à funcionários e a tentativa de instalar equipamentos de som nas dependências internas da prefeitura;

7) O prefeito Vavá Rufino apenas tentou explicar aos membros do sindicato que a atitude dos mesmos estava provocando tumulto no ambiente de trabalho. A reação dos sindicalistas foi desrespeitosa e agressiva com o gestor. Em nenhum momento houve qualquer tipo de agressão por parte do prefeito.

8) O Governo Municipal permanece com canal aberto para o diálogo, desde que feito de forma civilizada.


ASSESSORIA DE IMPRENSA DA PREFEITURA DO MORENO


JORNAL DO COMMERCIO
JC ONLINE
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio