Promoção Magazine Luiza e Você

VESTIBULAR - INSCRIÇÕES ABERTAS

VESTIBULAR  - INSCRIÇÕES ABERTAS
FACULDADE DO CARIRI

PREVINA-SE!

PREVINA-SE!
NOSSO BLOG APOIA ESSA CAUSA

GRANDE FEIRÃO REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

GRANDE FEIRÃO REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
PROMOÇÃO FEIRÃO

REDE SKY

REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Por Heron Cid: Um dia livre do que nos aprisiona; impostos

Um dia sem imposto serve para o brasileiro sentir na pele o quanto rala para sustentar o Brasil e receber em troca uma cusparada na cara
Parte do povo do Rio Grande do Sul vive hoje um dia atípico. Em alguns postos do Estado, os gaúchos vão poder comprar gasolina pela metade do preço, aproximadamente R$ 2,50.

Na fronteira com a Argentina, empresários e consumidores aderiram ao movimento do Dia da Liberdade de Impostos, articulado pelo Instituto de Estudos Empresariais e outras instituições.
É um protesto de cidadania. Claro, que ninguém tem a ilusão que assim conseguirão baixar os impostos, mas a mensagem é de conscientização do despertar de maior interesse social pelo tema.
É redundante teorizar sobre a alta carga tributária no Brasil. Ela é escorchante, injusta e lega de retorno uma cusparada na cara do contribuinte, cada vez que precisa recorrer a algum serviço público.
Quão bom seria se o exemplo do Rio Grande do Sul fosse copiado por outros estados e em outros tantos produtos de consumo essencial.
Por pelo menos um dia, o brasileiro sentiria na pele como sua vida seria menos onerosa sem o assalto público a que nos submetemos nos outros 364 dias.

Por Heron Cid - Jornalista Paraibano
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio