Promoção Magazine Luiza e Você

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
1° FEIRÃO DO ANO

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

APOIO: REDE SKY

APOIO: REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

TEMPO EM JATAÚBA - PE

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Mãe e padrasto são presos suspeitos de estuprar adolescente de 16 anos

A jovem denunciou os abusos depois de ver que casos recentes de estupro contra menores haviam resultado na prisão dos estupradores



Um casal foi preso suspeito de estupro de vulnerável contra uma adolescente de 16 anos, em Paulínia, cidade do interior de São Paulo. A polícia chegou ao casal depois que a jovem teria contado a um pastor que sofria abusos. Ela teria se encorajado a denunciar após a repercussão de outros casos recentes na cidade que resultaram na prisão dos estupradores.

A mãe da vítima, Pedrina Linvalda de Oliveira, e o marido dela, padrasto da garota, Edilson José Souza, eram casados há seis anos, desde que a adolescente tinha 10. Segundo a Polícia Civil, a menina contou que os abusos começaram quando a jovem completou 13 anos. 

A mãe o padrasto foram presos temporariamente por 30 dias. Eles serão indiciados por estupro de vulnerável.

Na semana passada, um outro caso de estupro contra uma criança chocou a cidade de Paulínia. Uma menina de 11 anos entregou um bilhete a uma colega de escola relatando que era abusada pelo pai. O homem, o vigilante José Maria Rodrigues Pinheiro, de 56 anos, foi preso. Além da menina de 11 anos, ele estuprava também as outras duas filhas, de 10 e 12 anos.


Por Correio Brasiliense
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio