Promoção Magazine Luiza e Você

PREVINA-SE!

PREVINA-SE!
NOSSO BLOG APOIA ESSA CAUSA

ELEIÇÕES 2018 AO VIVO

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
1° FEIRÃO DO ANO

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

APOIO: REDE SKY

APOIO: REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Dois padrastos e dois outros homens são presos por estuprar meninas em São Lourenço-PE


Quatro suspeitos de estuprar meninas com até 12 anos de idade foram presos em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. O mais velho deles, com 63 anos, era padrasto da vítima - com 11 anos na época dos abusos. A criança chegou a ficar grávida e a ter o bebê. Nenhum dos quatro caso tem ligação entre si. “A mãe da menina percebeu que ela estava um pouco barrigudinha. Ela até negou um pouco, mas depois disse o que aconteceu. Isso ocorreu no fim de 2017”, conta o delegado de São Lourenço da Mata, Diogo Santiago. Estima-se que a criança tinha entre 5 e 6 meses de gravidez na época da denúncia.

O idoso de 63 anos não foi o único padrasto a ser preso. Um outro homem de 40 anos de idade estuprou a enteada de 9 anos de idade. A criança narrou para a mãe ter sido vítima de atos libidinosos. Em ambos os casos, as mães das vítimas se separaram dos agressores. “Infelizmente, é um crime muito difícil de ser identificado pela confiança que existe da mãe no companheiro e do medo que a vítima tem do agressor. Por isso, é importante denunciar”, complementa o delegado.
Delegado Diogo Santiago
Delegado Diogo SantiagoFoto: divulgação/Polícia Civil

Um terceiro homem de 20 anos de idade, que também responde por tráfico, é suspeito de estuprar uma menina de 10 anos de idade no fim do ano passado. Ele era vizinho da família da vítima. A criança foi encontrada por familiares, na companhia do suspeito, aparentando estar drogada, no centro da cidade. Ela foi levada para casa, onde contou que foi drogada e violentada em um terreno baldio. A identidade de nenhum desses homens foi divulgada para preservar as vítimas. Todos eles foram presos por estupro de vulnerável.

O último homem preso é Aldemberg Felipe do Nascimento, 38 anos, conhecido como 'Berg'. Segundo a Polícia Civil, neste ano, ele abordou uma adolescente de 14 anos nas proximidades do viaduto de São Lourenço da Mata. A menina voltava de uma lanchonete que tinha ido após o colégio. O estupro foi consumado em um terreno baldio. Outra vítima - dessa vez com 12 anos, foi identificada pelo mesmo modus operandi e reconheceu o suspeito como autor do estupro. Aldemberg foi preso preventivamente por estupro qualificado. Ainda de acordo com a Polícia Civil, ele possui antecedentes criminais e já foi condenado por atentado violento ao pudor. Ele possui uma tatuagem de um palhaço no tronco que pode ajudar a identificar outras vítimas. Todos eles estão presos no Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel).

Segundo o delegado Diogo Santiago, três dos quatro suspeitos tentaram culpabilizar as crianças, direta ou indiretamente, enquanto um deles negou. “Alguns chegaram a dizer que elas se insinuaram outros que a mãe estava com raiva e fez a cabeça da menina contra ele. Um deles nega até a morte e diz que estão querendo prejudicá-lo. Mas isso não importa, o que importa é que a culpa nunca é da vítima”, afirmou o delegado.

Estatísticas
Segundo dados da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, de janeiro até abril deste ano, foram registrados 199 casos de estupros contra crianças 0 a 11 anos no Estado. No mesmo período de 2017, esse número foi de 215. Em 2016, foram 717 e em 2017, 632.


Folha PE
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio