Promoção Magazine Luiza e Você

VESTIBULAR - INSCRIÇÕES ABERTAS

VESTIBULAR  - INSCRIÇÕES ABERTAS
FACULDADE DO CARIRI

PREVINA-SE!

PREVINA-SE!
NOSSO BLOG APOIA ESSA CAUSA

GRANDE FEIRÃO REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

GRANDE FEIRÃO REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
PROMOÇÃO FEIRÃO

REDE SKY

REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR DE PERNAMBUCO E PARAÍBA DEFLAGRAM A SEGUNDA EDIÇÃO DA OPERAÇÃO DIVISA SEGURA, EM JATAÚBA, TIGRE, MONTEIRO E OUTRAS CIDADES

Também foram lavrados quatro autos de prisão em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo, receptação dolosa e organização criminosa.



Policiais Civis e Militares dos Estados de Pernambuco e Paraíba desencadearam, na madrugada desta quarta-feira (07/02), a OPERAÇÃO DIVISA SEGURA 2, com o objetivo de cumprir 10 (dez) mandados de prisão e busca e apreensão de menores infratores nos municípios pernambucanos de SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE,  JATAÚBA, TORITAMA e TAQUARITINGA DO NORTE, e nas cidades paraibanas de MONTEIRO, ALCANTIL, QUEIMADAS, SÃO JOÃO DO TIGRE e SÃO SEBASTIÃO DO UMBUZEIRO.


Foram detidos cinco adultos e cinco menores de idade, envolvidos na prática de homicídios e roubos nas localidades. Foram empregados 56 Policiais Pernambucanos e 62 Policiais Paraibanos, entre Civis e Militares, com o apoio do Grupo Tático Aéreo (GTA) da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco.  Um Mandado de Busca e Apreensão também foi cumprindo pelas forças de segurança.

Operação Divisa Segura – Essa é a segunda vez que as polícias dos dois Estados unem forças para combater diretamente os Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) e os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) nos municípios da divisa entre Pernambuco e a Paraíba. A Primeira Operação ocorreu em dezembro de 2017 e resultou na prisão de 11 pessoas e no cumprimento de  16 Mandados de Busca e Apreensão. A primeira ação contemplou os municípios de Goiana, Itambé, Santa Maria do Cambucá e Vertente do Lério, em Pernambuco, e Alhandra, Itabaiana, Queimada, Caaporã, Pedra de Fogo e Santa Cecília, pertencentes à Paraíba. 
Coletiva realizada pelas Polícias Civil e Militar sobre operação Divisa Segura II (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
   

Coletiva -  Foram divulgados nesta quinta-feira (8) os resultados da operação Divisa Segura II com participação das Polícias Civil e Militar dos estados de Pernambuco e da Paraíba. A ação teve como objetivo combater os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) e os Crimes Violentos conta o Patrimônio (CVP).
Parte do material apreendido durante a ação policial (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Foram cumpridos, em Pernambuco, 11 mandados de prisão preventiva/apreensão de menor e um mandado de busca domiciliar. Na Paraíba, foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva e de busca domiciliar. Também foram lavrados quatro autos de prisão em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo, receptação dolosa e organização criminosa.

No total, 56 policiais pernambucanos e 62 paraibanos participaram da operação. O delegado responsável foi Júlio Porto, da Delegacia de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. Esta foi a primeira ação conjunta entre os dois estados no ano de 2018.


Fotos Divulgação: Polícia Civil
G1 Caruaru
Blog do Adielson Galvão
Com Blog do Alberto Barbosa



Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio