Promoção Magazine Luiza e Você

VESTIBULAR - INSCRIÇÕES ABERTAS

VESTIBULAR  - INSCRIÇÕES ABERTAS
FACULDADE DO CARIRI

PREVINA-SE!

PREVINA-SE!
NOSSO BLOG APOIA ESSA CAUSA

GRANDE FEIRÃO REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

GRANDE FEIRÃO REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
PROMOÇÃO FEIRÃO

REDE SKY

REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

CRIANÇA DE 10 ANOS DE IDADE MORRE AFOGADA AO CAIR DENTRO DE UM BUEIRO NA CIDADE DE TORITAMA-PE

Na tarde desta segunda-feira (19) a cidade de Toritama, no agreste do estado, recebeu uma chuva de volume considerada moderada a forte, que durou aproximadamente uns trinta minutos. Pelo momento de seca e a falta d'água na região, as chuvas são sempre bem vindas, mas a desta segunda-feira, trouxe transtornos a alguns trechos e localidades, tanto com alagamentos, como a danificação de alguns trechos de ruas e logradouros.
A chuva forte que atingiu a 'Capital do Jeans' na tarde desta segunda-feira (19) causou estragos em vários pontos da cidade. A lista de danos incluiu desde ruas alagadas, vias que tiveram partes de seus trechos danificados até a fatalidade com uma criança que acabou sendo carregada pelas águas.
A criança de 10 anos brincava na chuva com coleguinhas, quando acidentalmente caiu em um córrego e foi levado pelas águas, sendo encontrada minutos depois por familiares, cerca de trezentos metros do local onde foi sugada pelas águas.


Ela estava desacordada, foi socorrida por populares para o hospital municipal de Toritama, onde foi prontamente atendido pela equipe de plantão que tentou reanimar a criança, mas sem sucesso. O mesmo não resistiu e faleceu.
O fato aconteceu no bairro Duque de Caxias (Fazenda Velha). Além dessa fatalidade, outros trechos da cidade sofreram com o alto volume das águas da chuva. A Rua Miguel Tavares, a popular 'Rua da Vaca Leiteira' mais uma vez foi cenário de enchente e alagamentos. As águas tomaram toda rua, além de invadir residências e fábricas existentes naquele trecho.


Outros pontos atingidos pelas chuvas foram o bairro Maria Catarina (O Coqueiral), Buraco Quente, diversas ruas do bairro Duque de Caxias (Fazenda Velha), dentre outros trechos da cidade. Além dos alagamentos, a cidade também teve diversas vias sua estrutura danificadas, causando transtornos a população.


Pode se dizer que as chuvas são sempre bem vindas por conta da falta d'água que assola a nossa região, mas esta de hoje (segunda-feira) trouxe alívio para aqueles que sofrem com a falta d'água, mas transtornos e prejuízos para boa parte da população. 

Água para aliviar a seca, mas prejuízos ao município pela danificação de diversos logradouros públicos e o mais trágico, a morte de uma criança de apenas 10 anos de idade, que foi levada pelas águas.

Assista o vídeo:



Alivio e Dor: Chuvas que caíram na tarde desta segunda-feira (19) trouxe o alivio para as pessoas que precisam do precioso líquido, mas também troche dores e transtornos a famílias e a população toritamense. 

Todas as Imagens/Vídeos: Redes Sociais-WhatsApp Grupos

Sobre a Tragédia na cidade de Toritama, Criança afogada em bueiro estaria tentando pegar chinelo.



Local onde aconteceu a tragédia. Fotos: Evandro Lins.

Novas informações quanto a morte do garoto João Victor da Silva, de 11 anos, dão conta que a criança, que morreu ao cair em um bueiro na tarde desta segunda-feira (19), estaria tentando recuperar o chinelo que havia sido levado pela correnteza.
A informação foi dada por um tio da vítima em relato a imprensa. O tio do garoto afirmou que ele tentou pegar o chinelo que ficou preso na entrada da bueira. Uma segunda criança teria chegado a segurar a mão de João Vitor que acabou sendo sugado pela força da correnteza.

Moradores da Rua Siqueira Campos, no bairro Duque de Caxias (Fazenda Velha) palco do acidente, culpam a prefeitura municipal por não haver grades de proteção na entrada do bueiro e que a cobrança ao poder público atravessa várias gestões.
Local da retirada do menino.

Ainda segundo os moradores, no momento da tragédia, algumas crianças brincavam na chuva e a área estava alagada, o que impossibilitava a visualização do bueiro.

A criança só foi retirada, no outro lado do bairro, já na Rua Cleto Campelo




Wendell Galdino/Jornal Vertentes Noticias/ Agreste Noticia
Portal do Agreste/Blog do Alberto Barbosa
Evandro Lins / Ney Lima





Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio