Promoção Magazine Luiza e Você

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
1° FEIRÃO DO ANO

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

APOIO: REDE SKY

APOIO: REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

TEMPO EM JATAÚBA - PE

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Comandante da PM/PB: bandido que reagir à polícia precisa ser morto

Ao empossar o novo comando do II BPM, nesta quinta-feira em Campina Grande, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, observou que “a mudança é rotina nossa. Trazemos mudanças não para estabelecer culpa no passado, mas tendo em vista que todos são responsáveis pelo futuro”.
Chaves assinalou que o Major Lucas “fará os ajustes necessários e a reengenharia ao seu modo e ao estímulo da necessidade. Ele tem autonomia, mas temos diretrizes. O momento é de ocupar território e estabelecer visibilidade”.
O coronel revelou que o efetivo atual do II BPM é de 1.078 policiais.
Ele reconheceu que “o roubo de veículos é um grande problema no momento”.
O comandante Euller Chaves foi surpreendentemente enfático ao tratar da questão do encadeamento de explosões a caixas eletrônicos e agências dos Correios em diversas cidades do Estado.
– "São verdadeiros terroristas e devem ser tratados como tal. Bandido bom pra mim, no meu sentido, se enfrentar a polícia, precisa ser morto" – proclamou o timoneiro da PM.
Foto: Paraibaonline
*fonte: coluna APARTE, com o jornalista Arimatéa Souza



Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio