Promoção Magazine Luiza e Você

VESTIBULAR - INSCRIÇÕES ABERTAS

VESTIBULAR  - INSCRIÇÕES ABERTAS
FACULDADE DO CARIRI

PREVINA-SE!

PREVINA-SE!
NOSSO BLOG APOIA ESSA CAUSA

GRANDE FEIRÃO REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

GRANDE FEIRÃO REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
PROMOÇÃO FEIRÃO

REDE SKY

REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

DOMINGO COM TRÊS HOMICÍDIOS EM CARUARU-PE




Apesar de todo o aparato policial em Caruaru, que recebeu recentemente a instalação do 1º BIEsp (Batalhão Integrado de Policiamento Especializado), este domingo (03) foi marcado por uma tentativa de homicídio na feira da sulanca e de três homicídios, o primeiro deles a Polícia Militar foi informada durante a tarde de que uma mulher teria sido encontrada morta debaixo da cama da casa onde morava num bequinho da Rua Arquimedes de Oliveira, próximo ao Hotel Village, no bairro Jardim Liberdade.

A vítima, Sandra Regina Soares da Silva, que era conhecida Por “Coca” de 37 anos, foi vista pela última vez na madrugada do sábado e a irmã que mora próximo percebeu que a porta estava apenas encostada com o cadeado aberto, ela entrou no imóvel e viu que alguém teria limpado o chão e quando fez uma busca no imóvel encontrou a irmã morta. Ela foi parcialmente degolada e tomou outras três facadas na barriga.



O segundo assassinato ocorreu por volta das 9 horas da noite na Rua José Geraldo Morais, no Sítio Cipó, na zona rural da cidade e teve como vítima o jovem Jeneffeson Ferreira do Monte, de 25 anos, que morava na comunidade e foi morto a tiros. A Polícia Militar conversou com alguns moradores, mas eles disseram que ouviram apenas os disparos.



O terceiro homicídio do dia foi cometido por volta das 23:h30min, na Travessa Santo Amaro, ao lado da Favela Bonanza, no bairro Santa Rosa e teve como vítima José Braz Moura da Silva, de 29 anos, que era usuário de drogas e foi preso duas vezes há dois anos, uma por Maria da Penha e a outra por porte ilegal de arma.

Estes foram os três homicídios registrados agora no mês de dezembro, no ano chegamos a 254, 24 a mais do que os números registrados em todo o ano de 2016, que foi o mais violento da história.

Os corpos das vítimas foram encaminhados para o IML local.



Adielson Galvão
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio