Promoção Magazine Luiza e Você

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

REDE SKY! APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018

REDE SKY! APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018
APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018 EM FULL-HD

TEMPO EM JATAÚBA - PE

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Ministro do STF autoriza condução coercitiva de curador da 'Queermuseu'

Resultado de imagem para Curador da 'Queermuseu' tem condução coercitiva autorizada por ministro do STF

BRASÍLIA — O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a condução coercitiva do curador da exposição "Queermuseu", Gaudêncio Fidélis, pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Maus-Tratos, no Senado. Moraes negou um pedido da defesa de Fidélis para suspender a condução à CPI. O curador pedia ainda que o ministro determinasse à comissão se abster de praticar qualquer ato contra a sua liberdade de locomoção.
Imagem relacionada

Com a decisão do ministro do STF, Fidélis pode ser levado à força para depor, caso se recuse ir ao Senado. O curador, no entanto, já informou às autoridades que concorda em comparecer à sessão da CPI.
Resultado de imagem para 'Queermuseu'

Na semana passada, o ministro Alexandre de Moraes cancelou a condução coercitiva do coreógrafo Wagner Schwartz, que exibiu a performance "La bête", em que atua nu, na abertura do 35º Panorama da Arte Brasileira, em 26 de setembro, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP).
Resultado de imagem para 'Queermuseu'

Os dois são alvos da CPI, presidida pelo senador Magno Malta (PR-ES). A mostra sob curadoria de Gaudêncio Fidélis, em Porto Alegre, foi alvo de protestos e acusada de incentivar a zoofilia e a pedofilia. Ele nega. O objetivo da CPI é investigar suspeitas de maus-tratos contra crianças e adolescentes no país. O depoimento de Fidélis está marcado para o dia 23, às 14h.



O Globo


Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio