Promoção Magazine Luiza e Você

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

REDE SKY! APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018

REDE SKY! APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018
APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018 EM FULL-HD

Postagem em destaque

CRIANÇA DE 10 ANOS COMETE SUICÍDIO EM ÁGUAS BELAS-PE

TEMPO EM JATAÚBA - PE

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Acidente na Tamarineira, zona Norte do Recife, mata duas mulheres e deixa quatro feridos, Motorista embriagado responderá por duplo homicídio doloso


Um "grave acidente na zona Norte do Recife causou a morte de duas mulheres e deixou outras quatro pessoas feridas - sendo duas crianças que foram socorrida para o Hospital da Restauração em situação extremamente crítica". 

A colisão entre os dois carros aconteceu no cruzamento da Avenida Rosa e Silva com a Rua Padre Roma, no bairro da Tamarineira, por volta das 19h30 deste domingo (26). Um dos veículos, um Ford Fusion (de placa NMN - 3336), tinha apenas um homem dirigindo. Ele foi socorrido para a UPA da Caxangá com ferimentos leves. O outro carro, uma Toyota RAV4 (de placa OEZ 4943), tinha cinco ocupantes. Um casal com seus dois filhos e uma outra mulher - que, de acordo com informações, trabalhava como babá para a família. 
Acidente ocorreu no cruzamento da rua Cônego Barata com a Estrada do Arraial


As duas mulheres ainda foram levadas para o HR, mas chegaram sem vida. Maria Emília Guimarães, 39 anos e funcionária do Tribunal de Justiça, teve sua morte confirmada. Seu marido, o advogado Miguel Filho Motta Silveira, está sendo operado neste momento no Hospital Santa Joanna.
Miguel Filho Motta Silveira, 46, Maria Emília Guimarães, 39, Miguel, 5, e Marcela, 7
Miguel Filho Motta Silveira, 46, Maria Emília Guimarães, 39, Miguel, 5, e Marcela, 7
Foto: Reprodução/Facebook


Ele quebrou várias costelas, mas não corre risco de morte. Um dos filhos do casal, o menino Miguel Neto, de 4 anos de idade, está sendo submetido a uma cirurgia de emergência no Santa Joanna. O estado é gravíssimo. A outra criança, Marcela Guimarães Motta Silveira, de 5 anos, foi levada para o Hospital da Restauração com traumatismo craniano. Os médicos conseguiram equilibrar seus sinais vitais e, no momento, ela foi submetida a uma cirurgia.


A babá Roseana Maria de Brito Souza, de 23 anos, grávida, foi a segunda vítima fatal da tragédia. Ela ainda chegou a ser socorrida pelo Samu, justamente para tentarem salvar a vida do bebê. 
João Victor Ribeiro de Oliveira, de 25 anos, tinha o triplo da quantidade de álcool permitida no sangue

De acordo com testemunhas, o Ford Fusion estava em alta velocidade no momento da colisão - quando cruzava a Avenida Rosa e Silva. O choque entre os veículos resultou ao capotamento da Toyota RAV4, que bateu com o poste na esquina e atingiu parte da mureta de um prédio. O carro estava sendo dirigido por João Victor Ribeiro de Oliveira, 26 anos. Ele sofreu apenas ferimentos leves e foi levado à Central de Flagrantes. No local, foi confirmado o nível de alcoolismo de  1,03.

Vídeo Mostra momento do impacto:


De acordo com o delegado Ricardo Silveira, que deu início as investigações do caso, uma testemunha afirmou que o motorista do Fusion em momento nenhum reduziu a velocidade do veículo. "Temos uma testemunha chave, além das imagens de câmeras de um prédio que revelam toda a ação. Ele estava a aproximadamente 100 quilômetros por hora e em momento nenhum freou. Assumiu o risco", destacou.


OABPor meio de nota, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Pernambuco se posicionou sobre o acidente. Leia na íntegra:

O acidente que se viu no Recife, nesse domingo (26), quando um motorista alcoolizado avançou o sinal vermelho no cruzamento de duas vias movimentadas e em horário de fluxo intenso (19h30) e acabou colidindo violentamente com um veículo que passava no local, é uma verdadeira tragédia. Um desastre que, até agora, tomou três vidas, considerando que uma das vítimas estava grávida, e deixou outras três em situação grave, incluindo duas crianças de sete e cinco anos.

É mais do que chegada a hora de refletir sobre as sanções penais aplicáveis às situações nas quais o(a) condutor(a) do veículo automotor assume o risco elevado de ceifar vidas humanas. Ao mesmo tempo em que nos indignamos diante da catástrofe familiar decorrida do acidente, solidarizamo-nos com o colega advogado Miguel Arruda da Motta Silveira Filho, rogando às autoridades responsáveis uma particular atenção ao caso.



Jovem que provocou grave acidente no Recife é encaminhado ao presídio.


João Victor foi encaminhado ao presídio

Segue ainda hoje para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, o estudante de Engenharia João Victor Ribeiro de Oliveira, de 26 anos, autuado em flagrante por duplo homicídio doloso e três lesões gravíssimas após o acidente registrado na noite deste domingo no bairro da Tamarineira, Zona Norte do Recife.

A decisão foi anunciada pelos juízes Luiz Carlos Vieira e José Carlos Vasconcelos na audiência de custódia realizada no final da manhã desta segunda-feira no Fórum Joana Bezerra. O advogado de defesa renunciou ao caso e ele foi defendido por um defensor público.

O advogado informou que, durante a audiência, o jovem não demonstrou arrependimento. "Ele estava frio. Não se mostrou arrependido. Disse que não lembra do acidente e que, provavelmente, estava indo pra casa. Ele também disse que não lembra de onde veio", comentou Queiroz


Diário de Pernambuco
Folha de Pernambuco






Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio