SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

REDE FÁCIL JATAÚBA

REDE FÁCIL JATAÚBA
Toda Loja em até 10x no Cartão Tel. (81) 3746-1412/98275-4999

Pe. REGINALDO MANZOTTI EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

Pe. REGINALDO MANZOTTI EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE
EVANGELIZAR É PRECISO!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quinta-feira, 27 de julho de 2017

IBOPE: GOVERNO TEMER É APROVADO POR 5% E REPROVADO POR 70%

Caso se confirme, Michel Temer terá de traçar nova estratégia (Foto: Arquivo)

Apenas 5% da população avalia como ótimo ou bom do governo do presidente Michel Temer (PMDB), enquanto 70% o considera ruim ou péssimo e 21%, regular. 3% não responderam. Os dados são da pesquisa Ibope/ Confederação Nacional da Indústria (CNI), realizada após denúncia criminal apresentada pela procuradoria Geral da República (PGR) contra o peemedebista, divulgada nesta quinta-feira (27), e indica o pior nível de popularidade da história de um presidente da República registrado pelo instituto desde 1986.
Esta é a segunda pesquisa Ibope/CNI divulgada neste ano. No último levantamento, de março, Temer aparecia com aprovação de 10% dos entrevistados, enquanto 55% consideravam o governo “ruim/péssimo” e 31%, “regular” – à época, 4% não souberam opinar ou não responderam.
Quanto a maneira de governar, 83% desaprovam a postura o presidente, enquanto 11% aprovam o modus operandi do peemedebista. 5% não responderam. No levantamento divulgado anteriormente, 20% aprovavam; 73% desaprovavam; e 7% não souberam ou não responderam.
 Outro ponto questionado pelo Ibope/CNI foi sobre a confiança dos entrevistados em relação ao presidente. De acordo com a pesquisa divulgada nesta quarta, 10% dos entrevistados disseram confiar em Temer, enquanto 87% afirmaram não confiar; 3% não souberam ou não responderam.
Em comparação ao governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), no qual era vice, 11% dos entrevistados consideram o governo do peemedebista melhor; 35%, igual; 52%, pior; e 2% não souberam ou não responderam. Temer se tornou presidente efetivo, após o impeachment da petista ser aprovado pelo Congresso Nacional em agosto de 2016, desde então a avaliação dele em segue em tendência de queda.
O levantamento do Ibope, encomendado pela CNI, foi realizado entre os dias 13 e 16 de julho e ouviu 2.000 pessoas em 125 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança da pesquisa divulgada nesta quarta, segundo a CNI, é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

Por Marcelo Montanini | jul 27, 2017 | Notícias
Blog do Diário (Diário de Pernambuco)
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio