Promoção Magazine Luiza e Você

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

REDE SKY! APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018

REDE SKY! APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018
APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018 EM FULL-HD

Postagem em destaque

CEC "COMPLEXO EDUCACIONAL DO CARIRI, EM MONTEIRO-PB

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Com frio e vento, sensação térmica chega a -17ºC em cidade de SC

A cidade de Urupema, na Serra Catarinense, registra neve e temperaturas negativas. Região conta com grande quantidade de turistas com a chegada do frio forte.

A cidade de Urupema, no sul de Santa Catarina, a 206 km da capital Florianópolis, registrou -6,7ºC nesta terça-feira, mas por causa dos ventos de até 43 km/h, a sensação térmica chegou a -17ºC.
A cidade de Urupema, na Serra Catarinense, registra neve e temperaturas negativas. Região conta com grande quantidade de turistas com a chegada do frio forte.
A temperatura na cidade turística de pouco mais de 2.500 habitantes chegou perto da menor registrada no país, na também catarinense Bom Jardim da Serra: -7,4ºC, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).
Marcando temperatura de -5.2 graus Celsius ao amanhecer do dia 18/07/2017 a cidade de São Joaquim, em Santa Catarina, proporcionou um espetáculo gelado aos turistas que lotam a cidade.
O inverno chegou forte ao país. A massa de ar polar que atinge principalmente a Região Sul provoca frio intenso nos três estados da região e temperaturas negativas, com registro de neve e geada. Nesta terça-feira, cerca de 50 municípios catarinenses amanheceram com termômetros abaixo de zero.
Marcando temperatura de -5.2 graus Celsius ao amanhecer do dia 18/07/2017 a cidade de São Joaquim, em Santa Catarina, proporcionou um espetáculo gelado aos turistas que lotam a cidade.
O meteorologista Marcelo Pinheiro, do Climatempo, explica que massas de ar polar são concentrações de alta pressão atmosférica. O fenômeno se origina nos Polos e se espalha para as outras regiões. Embora ocorram durante todo o ano, no inverno essas massas ficam mais fortes.  A que atinge o Brasil nesta semana é a mais severa desde 1975.
Marcando temperatura de -5.2 graus Celsius ao amanhecer do dia 18/07/2017 a cidade de São Joaquim, em Santa Catarina, proporcionou um espetáculo gelado aos turistas que lotam a cidade.
Segundo Pinheiro, “não há causas definidas” que expliquem essa massa polar tão carregada. O frio intenso que chegou ao Sul do Brasil domingo se despede na quinta-feira, quando se desloca para o oceano.  As temperaturas ficarão gradativamente  mais altas, descartando possibilidade de neve, mas ainda pode haver geada no Mato Grosso e em alguns estados do Sul do país.
Árvores amanhecem congeladas e termômetros registram temperatura negativa em São Joaquim, Santa Catarina
Nem mesmo o sol é capaz de amenizar a sensação congelante desse inverno. Porto Alegre teve um dia aberto e ensolarado, mas registrou 11ºC com sensação térmica de 4º, enquanto em Curitiba os termômetros marcavam 10ºC com sensação de 5ºC. Em São Paulo, o dia cinza anunciava uma terça-feira gelada, com 9ºC e sensação de 4ºC.
Marcando temperatura de -5.2°C, a cidade de São Joaquim, em Santa Catarina, proporcionou um espetáculo gelado aos turistas que lotam a cidade.
O tempo amanheceu tão frio na serra catarinense que as flores nos jardins congelaram. Também nevou timidamente. Flocos de neve também caíram em Irani, Fraiburgo, São Joaquim e Água Doce, no oeste do estado, segundo a Central de Meteorologia de Santa Catarina.
Garota se <span>entretém com o gelo formado nas árvores na manhã desta terça-feira em São Joaquim. A temperatura bateu -5,2º C</span>
Na capital Florianópolis, os termômetros marcaram 3,2ºC. Além de ser a temperatura mais baixa neste ano, chama atenção pela queda brusca. No domingo, muitas pessoas foram às praias, quando os termômetros marcaram 32°C.
Marcando temperatura de -5.2°C, a cidade de São Joaquim, em Santa Catarina, proporcionou um espetáculo gelado aos turistas que lotam a cidade.
Geada no RS
Depois do registro de queda neve em algumas cidades do Rio Grande do Sul, foi a vez de a forte geada chegar com tudo no alvorecer desta terça-feira em vários municípios, que tiveram temperaturas abaixo de zero. Nas cidades de Soledade, Espumoso e Arvorezinha, na região noroeste do Estado, os termômetros registraram entre -7°C e -3°C.
Marcando temperatura de -5.2°C, a cidade de São Joaquim, em Santa Catarina, proporcionou um espetáculo gelado aos turistas que lotam a cidade.
No município de Pinheiro Machado, próximo à fronteira sul, o frio era tanto que chegou a congelar a água. Na Serra Gaúcha, a menor temperatura foi registrada em São José dos Ausentes, com -3,4°C.
Já em Porto Alegre, os termômetros marcavam 0,7°C no Morro da Polícia, na região leste da capital. No centro, fazia 4°C nas primeiras horas da manhã.
Neve no Paraná
Com temperaturas de -4ºC, a cidade de Inácio Martins registrou a menor temperatura do Paraná e, em Palmas, houve registro de neve durante a madrugada desta terça. Segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), a massa de ar com característica polar que vem do extremo sul do país fez com que o Paraná amanhecesse com temperaturas negativas em algumas regiões.
Esta foi a segunda vez que nevou na cidade de Palmas. Na primeira metade de junho, as baixas temperaturas resultaram na queda de chuva congelada na área urbana e flocos de neve nos Campos de Palmas, na região mais alta da cidade, onde está localizado o distrito do Horizonte.
A previsão é de geadas para os próximos dias até o final da semana, com queda brusca de temperatura nas regiões de Curitiba, Pato Branco, Francisco Beltrão e Guarapuava.

Previsão

Segundo a meteorologista Josélia Pegorim, do Cptec/Inpe (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos/Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a intensa massa de ar polar que se espalhou pelo Sul do Brasil é a mais forte de 2017.
O ar polar, de acordo com ela, ainda vai atuar com força sobre a região até domingo e poderão continuar ocorrendo temperaturas abaixo de zero e muita geada.
Na quarta-feira, pode gear por amplas áreas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná e há condições de geada até nas capitais Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba.

VEJA (Com Estadão Conteúdo)

Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio