SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

REDE FÁCIL JATAÚBA

REDE FÁCIL JATAÚBA
Toda Loja em até 10x no Cartão Tel. (81) 3746-1412/98275-4999

Pe. REGINALDO MANZOTTI EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

Pe. REGINALDO MANZOTTI EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE
EVANGELIZAR É PRECISO!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

terça-feira, 16 de maio de 2017

Preso suspeito de estuprar filha de 2 anos e quatro enteadas de seis a 18 anos

Até o dia 30 de abril deste ano foram registrados em Pernambuco sete estupros contra adultos e 54 contra vulneráveis
Caso foi apresentado na manhã desta terça-feira no Departamento de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA). Foto: Malu Cavalcanti/ Esp. DP
Caso foi apresentado na manhã desta terça-feira no Departamento de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA). Foto: Malu Cavalcanti/ Esp. DP

Um vendedor (digo, bandido) de livros de 41 anos foi preso e indiciado por suspeita de estuprar a filha de dois anos de idade e quatro enteadas, de seis a 18 anos de idade. Ele foi detido na sexta-feira passada, na Avenida Dantas Barreto, centro do Recife, após ser denunciado pela mãe das vítimas. O suspeito foi encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima.


A mais velha, de 18 anos, contou à polícia que vinha sendo abusada desde os 14 anos de idade e a segunda, mais velha, de 16 anos, era vítima do padrasto desde os 15 anos. Elas revelaram que o homem "as ameaça de morte" caso denunciassem o crime.

Em 2011, ele foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável contra outra filha, do primeiro casamento. A vítima, hoje com 19 anos, foi abusada pelo pai dos nove aos 14 anos de idade.


O caso foi apresentado na manhã desta terça-feira no Departamento de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), no bairro da Madalena, no Recife. Na ocasião, o gestor do departamento, delegado Darlson Macedo, enfatizou a importância da denúncias, lembrando que quem se omitir pode também ser responsabilizado por omissão. Denúncias podem ser feitas pelo telefone 3184-3579.



Até o dia 30 de abril deste ano foram registrados em Pernambuco sete estupros contra adultos e 54 contra vulneráveis. No ano passado foram 27 contra adultos e 196 contra vulneráveis.A polícia aponta, no entanto, que por conta da falta de denúncia, o crime é subnotificado.


Diário de PE
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio