Promoção Magazine Luiza e Você

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

PROMOÇÃO NOVEMBRO AZUL!

REDE SKY! APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018

REDE SKY! APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018
APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018 EM FULL-HD

TEMPO EM JATAÚBA - PE

terça-feira, 23 de maio de 2017

Policia desarticula quadrilha de assaltantes de bancos e carros-fortes, uma das prisões ocorreu em Santa Cruz do Capibaribe-PE


Foi deflagrada pela Polícia Civil, na manhã desta segunda-feira (22), a operação denominada“Capitania”, que tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa que atuava nos Estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Ceará. 

Ao todo, serão cumpridos 15 mandados de prisão preventiva, 16 de busca e apreensão e um mandado de condução coercitiva. O grupo é acusado pelos crimes de organização criminosa, roubos a instituições financeiras e carros-fortes (mediante utilização de explosivos), comércio ilegal de armas de fogo, entre outros. 
A operação ocorreu no Agreste de Pernambuco, em Caruaru, Bom Jardim, Orobó, Santa Cruz do Capibaribe, em Palmares, Zona da Mata de PE, e em Alcantil, na Paraíba

O líder do grupo criminoso, identificado como Genilson Batista, 27 anos , natural da PB, foi preso no município de Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco. Com a organização foram apreendidas armas e explosivos.
Os presos e os materiais apreendidos serão encaminhados para a sede do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) e um mandado de prisão preventiva será cumprido contra um detento que se encontra na penitenciária padrão de Campina Grande, Paraíba.

“ Com a desarticulação dessa organização nos evitamos três ações com uso de explosivos no estado (PE), que poderiam ser contra agências bancárias ou carros fortes”, explicou o chefe da polícia civil, Joselito Amaral.
 
Todos são suspeitos por associação criminosa, roubos a instituições financeiras e carros-fortes (mediante utilização de explosivos), comércio ilegal de armas de fogo, entre outros. De acordo com a polícia, uma das ações da quadrilha estava programada para esta segunda, na região metropolitana do Recife. Pelo menos 180 policiais foram mobilizados.

A operação é decorrente de 6 meses de investigação e ,no total, foram emitidos 15 mandados de prisão, dentre estes 13 foram cumpridos. Os detalhes da operação serão apresentados nesta terça-feira (23) em coletiva. 


FOLHA PE
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio