Promoção Magazine Luiza e Você

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

REDE SKY! APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018

REDE SKY! APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018
APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018 EM FULL-HD

Postagem em destaque

CEC "COMPLEXO EDUCACIONAL DO CARIRI, EM MONTEIRO-PB

TEMPO EM JATAÚBA - PE

sábado, 8 de abril de 2017

“No final de maio, Santa Cruz terá muitos novos policiais atuando, tanto em Santa Cruz quanto nas cidades vizinhas” – afirma Paulo Câmara


Pela primeira nos estúdios de uma emissora de rádio em Santa Cruz do Capibaribe, o governador Paulo Câmara (PSB) concedeu entrevista à Rádio Polo FM na manhã deste sábado (08).
O gestor falou sobre o ‘Pernambuco em Ação’, projetos para a região nas áreas de segurança, infraestrutura e questões políticas. Durante a manhã, Paulo Câmara estará na Escola Técnica Estadual, para o evento com secretários de governos e prefeitos da Região, para os anúncios

Prestação de contas 

Paulo Câmara iniciou a entrevista falando sobre as diferenças entre os eventos denominados ‘Todos por Pernambuco’ e o ‘Pernambuco em Ação’.
De acordo com ele, o evento de hoje representa ‘uma prestação de contas’ das promessas realizadas no palanque em 2014 e efetivamente implementadas, bem como reafirmar os compromissos e avançar nas obras já iniciadas.

“O Pernambuco em Ação é um retorno as regiões, uma prestação de contas efetiva e do que vamos continuar a fazer, daquilo que está andando e daquilo que não andou ainda. É um modelo diferente, continua muito forte e é a base de nosso governo. Vamos dar muitas ordens de serviço aqui nas áreas de Saúde, Educação, Infraestrutura… É um conjunto de ações que estão sendo colocadas nesses dois anos de preparação”, falou.

O governador destacou obras, que segundo ele, estão auxiliando no desenvolvimento local, a exemplo da retomada das obras de duplicação da PE-160, reiniciada hoje.
Resultado de imagem para duplicação da pe160

Obras da duplicação da PE-160 e seguidas paralisações

O governador foi questionado quanto a paralisações das obras de duplicação da PE-160. Paulo Câmara falou sobre a retomada das obras, voltou a garantir que a duplicação terminará em seu mandato e foi enfático, segundo ele, quanto aos recursos em tempos de crise.

“Ela foi reiniciada e já foi tudo acertado. Tivemos um fechamento de ano que precisou fazer alguns ajustes contratuais, parte burocrática, que estão atualizados. Os recursos estão garantidos e no orçamento. É uma obra fundamental, importante e necessária, que não vai mais parar. Ela só vai parar quando ela estiver pronta” – pontuou.

Sistema Pirangi e a solução da seca no Estado

Resultado de imagem para sistema do pirangi
O tema do desabastecimento em cidades do Polo de Confecções também foi destaque. O governador foi questionado sobre o Sistema do Pirangi, que tira água do Rio Pirangi para levar para a barragem do Prata e também sobre a permanência do mesmo calendário de abastecimento.
O governador citou que a solução definitiva para a seca no Estado, seria a conclusão da Transposição do Rio São Francisco e da Adutora do Agreste, enfatizando, segundo ele, ações com recursos do estado.

“O Governo Federal não passou mais um real dos convênios que nós tínhamos. Passamos um ano e meio sem receber recursos e a obra parou. O canal da transposição está praticamente pronto o eixo leste, com água chegando em Monteiro na Paraíba e Pernambuco ainda sem usufruir.  Com essa paralisação, tivemos que avançar, investir recursos próprios, trazer água da zona da mata, fazer o Pirangi… Isso foi feito; R$60 milhões em recursos aplicados e a obra está pronta. Fizemos a inauguração em Caruaru e agora estamos fazendo a remontagem das máquinas lá na Barragem do Prata e por isso a população das cidades não sentiram a diferença (no abastecimento). Chegou o Pirangi e tivemos que fazer essas manutenções e com as duas trabalhando juntas, vamos ter essa minimização. Vai chegar mais água, mas não é a solução definitiva” – frisou.

O governador citou que esteve em Brasília, cobrando segundo o mesmo para que as obras não mais paralisem e possam terminar até 2018.

BR-104

Resultado de imagem para duplicação da br 104 em toritama
O governador foi questionado sobre a continuidade da paralisação da BR-104. Embora seja uma estrada federal, o Governo do Estado assumiu a responsabilidade de execução. Sobre isso, ele disse:

“O Estado assumiu a execução e todo o recurso é do Governo Federal. Já há uma licitação em andamento e deve estar sendo concluída nos próximos 30 dias para que possamos terminar essa obra, finalmente. Eu espero já no primeiro semestre dar a ordem de serviço dela e tem um prazo que deve durar de 90 a 180 dias para que, no início de 2018, nós possamos tê-la restaurada e, em um segundo momento, totalmente duplicada” – disse.


Os 74% de rejeição em pesquisa



O alto índice de rejeição de seu mandato em recente pesquisa do Instituto Uninassau também foi abordado. O governador sucedeu políticos como Eduardo Campos e João Lyra Neto, que tiveram números positivos de aprovação política e viu estes despencarem no seu governo. Sobre isso, ele disse:

“O Brasil está em uma crise muito grande e isso afeta a população. Os serviços públicos não têm a velocidade que gostaríamos. Gostaria de estar ampliando muitos serviços de saúde, mas ela não se faz sozinha, mas junto com os municípios e o Governo Federal. Não conseguimos credenciar novos serviços no SUS. Isso faz com que tenhamos que utilizar a capacidade disponível e, apenas disso, o estado tem feito seu dever de casa. Foram dois anos de ajuste, segurando despesas, tendo que aumentar receitas, buscando alternativas e enfrentando os desafios da seca, muito com recursos próprios. Vivemos um momento diferente, onde a realidade é outra; temos muito desemprego no Brasil e isso causa efeitos em muitas áreas como a segurança, que nos preocupa. Aumentou o número de homicídios e assaltos… Não vou me pautar em pesquisas, vou fazer o trabalho que tem que ser feito e estou fazendo” – frisou.

.

Promessa de mais policiais militares para final de maio

Sobre segurança pública, o governador concordou que esse ponto seria o principal calo em seu governo, mas destacou que já houve, segundo o mesmo, avanços como a redução em 30%, em relação ao mesmo período de 2016, quanto a explosões de caixas eletrônicos, prisão de quadrilhas e a formação 1500 novos policiais. Sobre a destinação de mais policiamento a Santa Cruz e região, ele disse:

“No final de maio, Santa Cruz terá muitos novos policiais atuando, tanto em Santa Cruz quanto nas cidades vizinhas. Vamos ter um batalhão especializado em Caruaru que vai ajudar também para desvendar e para evitar essa criminalidade, principalmente essa mais especializada a partir da Rocam, do Choque e da Rádio Patrulha… Isso é um conjunto de ações que estamos fazendo. Em setembro, está entrando 1000 novos policiais civis; delegados, agentes, polícia científica… Isso vai fazer com que as delegacias tenham seus quadros preenchidos” – disse.

.Mais uma Ordem de Serviço para obra da Estação de Tratamento de Esgoto.

Por fim, o governador adiantou anúncios de obras como a cobertura da Central de Feiras e Mercados, convênios na saúde e a perfuração de poços, mas também foi questionado sobre a necessidade da construção da estação de Tratamento de Esgoto.
Em outras gestões, o mesmo projeto já foi lançado outras vezes e questionado se essa obra sairia de vez do papel, ele disse:

“Estou planejado, já estou com dinheiro em conta e vou fazer a obra. Não vim aqui para fazer um anúncio e não fazer. Tenho a consciência da importância do saneamento e tratamento de esgoto. Isso é saúde pública e não apenas tratamento de resíduos. Serão R$99 milhões e beneficiará cerca de 200 mil habitantes. É uma obra de 36 meses e temos certeza que vamos ampliar e muito essa oferta de esgotamento” – pontuou.

.

E 2018?


Questionado sobre esse ponto, o governador não se ateve a falar sobre a possibilidade de disputar uma reeleição. O mesmo destacou que só falará desse ponto em “um momento certo”.
Já sobre a questão de uma aliança PSDB / PSB, o mesmo disse que estão em negociações, mas que só falará sobre isso apenas em 2018.

“Quero cumprir meus dias de trabalho e quero que ele esteja presente em todas as regiões” – disse e completou: “Estou muito ciente que a população quer ver ações, trabalho, se sentir segura e é com esse trabalho que eu vou estar presente, conversando com a população e me pautando em questões administrativas, porque para eleição ainda está muito cedo. Só vamos conversar disso em 2018” – concluiu





Do: Blog do Ney Lima
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio