Promoção Magazine Luiza e Você

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

REDE SKY! APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018

REDE SKY! APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018
APOIO NA TRANSMISSÃO FESTA DE SÃO SEBASTIÃO 2018 EM FULL-HD

Postagem em destaque

CRIANÇA DE 10 ANOS COMETE SUICÍDIO EM ÁGUAS BELAS-PE

TEMPO EM JATAÚBA - PE

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

HAJA FARPAS: "O senhor veio do nosso grupo bem sujinho" dispara Veinho (PMDB) contra Maviael (PSD), em mais uma reunião na Câmara de Jataúba-PE


Nesta "quinta-feira 12 aconteceu mais uma reunião na câmara de vereadores de Jataúba", com o plenário mais uma vez lotado e a presença de todos os 11 vereadores, o clima ficou quente durante as falas dos vereadores e o tratamento que até então vinha sendo cordial entre os parlamentares deu lugar a denuncias, trocas de farpas e teve até vereador dando murro na tribuna.

O vereador Paulo Floriano (PMDB) presidente da casa conduziu a seção que teve inicio com a leitura da ata seguida da apresentação de um requerimento do vereador oposicionista Luzimário (PTB) e em seguida facultando a palavra aos vereadores.


LUZUMÁRIO (PTB) – Falou sobre o requerimento apresentado que pede a pavimentação da Rua Marechal Castelo Branco e agradeceu aos vereadores por terem aprovado e criticou o prefeito que segundo ele nas vésperas das eleições fez um bueiro na rua citada, no entanto pediu que a pavimentação fosse feita.

Luzimário disse que Jataúba é uma cidade que não tem saúde pública de qualidade, pois, as pessoas ficam internadas no hospital local e não se pede um exame e quando pede o médico não olha, segundo o vereador se não for em clinicas particulares as pessoas não tem um bom atendimento e concluiu dizendo que ficou internado e o médico o transferiu de uma emergência pra outra quando deveria tê-lo encaminhado para um especialista.


Zuza (PTB) – Mais uma vez o vereador Zuza fez críticas à saúde do município, e em seguida fez críticas com relação à segurança, o vereador lamentou o fato do prefeito do município não ter participado da última audiência pública e disse que ouviu o mesmo dizer em uma entrevista que não foi porque não tinha o que falar. 

Em resposta ao vereador Veinho Zuza disse que a obrigação do vereador é de fiscalizar o dinheiro público e que no caso dos pacientes que necessitam de transporte o prefeito tem a obrigação de providenciar, pois, a verba para esse serviço vem para a prefeitura.

E disse: “Eu fazia muito isso, tinha mês de pagar mais de R$1 mil reais de transporte enquanto um camarada ganha dois mil pra fazer esse transporte, agora mando as pessoas procurar ele, porque ele é quem recebe”, e disse que em Caruaru a prefeita descobriu 90 parasitas que ganhavam sem trabalhar e disse acreditar que outros municípios não é diferente, Zuza ainda cobrou explicações sobre o atraso no salário dos aposentados que segundo ele não receberam o mês de dezembro.


VEINHO (PMDB) – Veinho falou da felicidade de ver mais uma vez a galeria da câmara lotada e disse ter conhecimento de muitos que ouvem através da rádio Jataúba FM, disse ao vereador Zuza que o prefeito tem o dever de prestar os serviços ao povo, mas, que imprevistos podem acontecer ainda falando sobre a polêmica do transporte do TFD e disse: “Se fosse em época de eleição o senhor tinha alugado um carro pra levar o pessoal ao médico em troca de votos”, disparou Veinho.

Após o vereador Maviael dizer que Veinho tava sendo um vereador coroca que balança a cabeça pra defender o prefeito e falar que o mesmo tinha um carro agregado a prefeitura o vereador voltou à tribuna Veinho deu um murro na tribuna e rebateu: “Eu não sou vereador coroca não, eu vim aqui pra defender o povo, agora o senhor defende seu partido e eu defendo o meu, e o senhor veio do nosso grupo e bem sujinho”, e concluiu dizendo que o seu carro é para carregar estudantes e não pode entrar em Recife transportando pacientes.


MAVIAEL (PSD) – Lamentou o fato de segundo ele o vereador Veinho só usar a tribuna para defender o prefeito e cobrou do mesmo uma postura diferente, segundo o vereador Veinho não tá cumprindo o que disse em campanha que iria defender o povo e que o mesmo estava sendo um vereador coroca que só balança a cabeça. Mais uma vez o vereador disse que a cidade não tem saúde digna, falta médicos pediatras, ginecologistas, raio-x quebrado e insegurança e perguntou como defender um prefeito como esse? E ainda citou a delegacia fechada, atraso no salário dos aposentados, 20 anos sem concurso público, e afirmou que nesses últimos 20 anos Jataúba não teve nenhum avanço.

O vereador ainda falou sobre a denuncia feita pelo mesmo quanto a academia da saúde que segundo ele a obra está atrasada em mais de dois anos, e disse: “O dinheiro veio, a obra tá lá parada e nós vamos denunciar isso ao tribunal de contas, para que tome as providências”, ele ainda falou que as coisas não podem ser maquiadas e a bancada de oposição será uma bancada atuante, segundo o vereador disse que já recebeu ameaças por conta das suas denuncias, no entanto não vai baixar a cabeça, ele ainda fez criticas quanto a ajuda da prefeitura para a guarda comunitária e disse que a ajuda de dois comerciantes da cidade ultrapassa o valor repassado pelo município o que considerou uma vergonha.

Maviael ainda questionou se as explicações do vereador Jackson teriam convencido a população e disse que a teoria é uma coisa, mas, na prática é outra, e disse que muito se cobra porque alguns deputados não mandam emendas para o município, e disse que como é que os deputados vão mandar emendas sabendo que alguém é incompetente para concluir uma obra? Ele disse estranhar o fato do prefeito elogiar o governador enquanto Jackson sendo seu filho o critica, por fim ele disse ao vereador Veinho que bater forte na tribuna não intimida ninguém e aconselhou o mesmo a ler o regimento e a lei orgânica do município, e disse: “Vá se inteirar das leis pra falar conteúdo que chame a atenção do povo e não de alguém subordinado que só tá aí na galeria pra gritar e dizer alguma coisa porque se não fizer isso pode ser cortado o suborno que tem” finalizou o vereador. 


JACKSON GALEGO (PSB) – Galego discordou do vereador Luzimário e disse que os atendimentos médicos no município são de boa qualidade, tanto no hospital quanto nos PSF’s, fez críticas a audiência pública e disse que as mesmas não trazem muita coisa e que a única coisa que foi conseguida foi um reforço policial nas sextas-feiras e não se sabe se vai continuar.

 Ele ainda discordou do vereador Zuza e disse que o papel do vereador não é só de fiscalizar e que os vereadores não podem tirar o seu compromisso e jogar tudo nas costas do prefeito.

Jackson ainda salientou que o prefeito do município tem buscado as melhorias e feito às cobranças, porém, o governo do estado tem deixado muito a desejar na questão de segurança pública não só em Jataúba, mas, em todo o estado de Pernambuco. Quanto aos aposentados Jackson disse que o município passa por dificuldades e que se não chegar uma verba que tem sido esperada o IPSEJA irá quebrar e conseguirá se manter até no máximo o ano de 2022 e culpou uma lei aprovada pela câmara no governo Sinaldo. 

O vereador desafiou qualquer matemático a fazer a conta fechar. Quanto às cobranças do vereador Maviael ele disse que o município não tem condições de realizar um concurso público no momento.

Quanto à insegurança Galego disse que a solução é todo mundo se trancar dentro de casa por conta da audácia dos bandidos e disse que o código penal tem que ser rasgado, pois, bandido tem é que trabalhar e acrescentou que esse descaso vem de muito tempo, e sugeriu que se juntem todos s vereadores e junto com o prefeito cobrem soluções dos deputados que representam o município. Fez críticas ao aumento dos combustíveis e disse que os políticos no Brasil fazem farra com o dinheiro público. Quanto as cobranças do vereador Zuza no tocante aos cortes do Bolsa Família foi enfático.

“Em muitos casos tem que cortar mesmo, porque tem gente que recebe e não precisa” e disse que mesmo sendo vereador e ganhando quase 5 mil reais a esposa do vereador Zuza teria passado dois anos recendo o benefício.

 Na polêmica sobre a academia da saúde disse que a obra está paralisada porque faltam ainda dois repasses do governo federal que gira em torno de 60% do valor da obra e pediu que o vereador buscasse no portal de transparência se os recursos vieram, por fim Jackson criticou a postura de Maviael que segundo ele tá muito fraco pra aparecer na mídia e disse: “Como é que o senhor tem a coragem de procurar um blog e um blogueiro que denegriu, a sua imagem, da sua esposa e da sua família pra fazer uma matéria e postar nas redes sociais?”,disparou Jackson.


FIROCA (PTB) – Agradeceu as pessoas que acompanham as reuniões através da rádio e disse que quem tiver problemas nas ruas ou bairros da cidade pode procurar os vereadores, ainda sobre a polêmica do TFD disse que o Vereador Veinho errou em atribuir ao prefeito à responsabilidade de resolver tudo quando o mesmo tem os secretários para fazer isso. 

E cobrou que seja feito um esforço junto ao Ministro das cidades Bruno Araújo para a construção de casas populares no município que segundo ele só foram construídas 14 casas nos últimos 20 anos. Firocaainda fez cobranças quanto às providências com o matadouro, pois, segundo ele em dias de feira o trânsito fica praticamente fechado causando riscos de acidentes.


Os demais vereadores não se pronunciaram e a próxima reunião ficou marcada para o próximo dia 26/01 às 20 horas.


J. Silva / Agreste No Ar / Com Imagens Ruy Siqueira
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio