Promoção Magazine Luiza e Você

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
1° FEIRÃO DO ANO

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

APOIO: REDE SKY

APOIO: REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

TEMPO EM JATAÚBA - PE

terça-feira, 1 de novembro de 2016

POLÍCIA AGIU RÁPIDO E PRENDEU O ACUSADO DE MARTAR ESPOSA DO VEREADOR ELEITO EM TABIRA, SERTÃO DE PE

Preso acusado de matar esposa de Marcílio Pires

Acaba de ser preso o acusado do homicídio contra Érica de Souza Leite, 30 anos, conhecida por Paulinha, esposa do vereador eleito e odontólogo Marcílio Pires.
Ele foi capturado por policiais militares com apoio da Polícia Civil, Guarda Municipal e populares que ajudaram nas buscas. As primeiras informações confirmam que tata-se de José Tenório, o Zé Galego, residente no Bairro Borges,  Afogados da Ingazeira.
tabira
Ele está sendo interrogado neste momento na Delegacia de Afogados da Ingazeira pelos Delegados Germano Ademir e Thiago. O Delegado Regional Jorge Damasceno dá suporte ao caso.
Segundo o blog apurou de uma fonte, a primeira versão de Zé Galego é a de que a vítima o devia uma importância em dinheiro. A polícia não acredita na versão. Zé Galego morava na Rua da Igreja, Borges, amolava em uma oficina sem muitos recursos ferragens, como enxadas e outras ferramentas. Não tinha passagem pela polícia.
O acusado foi encontrado próximo ao Sítio Oitis, no caminho de Solidão. Um esquema de segurança está sendo montado  para evitar que ele seja linchado. Agora, além de confirmar sua identidade, a polícia quer saber motivação do crime ou se agiu a mando de alguém. Érica foi morta a facadas, uma delas, fatal, no pescoço e não resistiu.
tabira1
O crime aconteceu entre e 9 e meia e dez da manhã, pouco depois que ela chegou em casa da Academia e Dr Marcílio havia deixado sua casa para trabalhar em Afogados da Ingazeira.
O homem  tocou a campainha. Quando ela abriu a porta, foi atacada por ele. Imagens de uma Câmera de segurança próxima ao local indica que a vítima lutou até o fim pela vida, até ser atingida com uma facada no pescoço e desfalecer. Paulinha já deu entrada no Hospital de Tabira sem vida.  O vídeo bate com relato da Diretora do Hospital Maria José, Zeza,  com base nos relatos do médico Jamerson, pois também havia lesão dos braços, típicas de quem se defende do agressor.
assassino_paulinha2
“A cidade está consternada com a tragédia”, relata o prefeito reeleito Sebastião Dias (PTB), que esteve na casa do vereador prestando solidariedade à família. Segundo ele, a Policia ainda está levantando as informações para elucidar o crime. A vítima, ainda de acordo com o prefeito, era alegre e animada, sem que se saiba de qualquer antecedente de briga ou desentendimento com alguém que possa ter provocado tamanha ira, a ponto de tirar-lhe a vida.
O Sertão é, por natureza, uma região conflituosa e violenta, palco das barbáries e atrocidades sangrentas que remotam ao reinado de Lampião. Mas Tabira parece diferenciada pela poesia, a arte que brota do repente nas cantorias e pela sensibilidade de sua gente. O que aconteceu, hoje, na cidade, foi uma fatalidade. A brutalidade venceu a poesia, deixando marcas de dor, revolta e lamentos. Tabira é tão poética e diferenciada, que o prefeito é cantador, repentista e poeta dos bons. Fez a sua campanha de eleição em 2012 e da reeleição este ano trovejando nos palanques, soltando o seu canto, que se traduziu em votos.
Do Blog do Nill Júnior
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio