Promoção Magazine Luiza e Você

VESTIBULAR - INSCRIÇÕES ABERTAS

VESTIBULAR  - INSCRIÇÕES ABERTAS
FACULDADE DO CARIRI

PREVINA-SE!

PREVINA-SE!
NOSSO BLOG APOIA ESSA CAUSA

GRANDE FEIRÃO REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

GRANDE FEIRÃO REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
PROMOÇÃO FEIRÃO

REDE SKY

REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

PLANO RODOVIÁRIO DE PERNAMBUCO CONTA COM INVESTIMENTO DE R$ 510 MILHÕES

Com investimento de R$ 510 milhões, Plano Rodoviário de Pernambuco reforça as rotas de crescimento do Estado.  Fotos: Wagner Ramos/SEI
Governador Paulo Câmara lançou, nesta terça-feira conjunto de Intervenções que atendem antigas demandas da população e que dialogam com expansão das cadeias produtivas locais.
A malha viária pernambucana recebeu atenção do governador Paulo Câmara (PSB) que lançou nessa terça-feira (25.10), durante cerimônia no Palácio do Campo das Princesas, o Plano Rodoviário de Pernambuco – Caminhos do Desenvolvimento, que abrange todo o Estado. Serão investidos R$ 510 milhões em três obras estruturadoras que vão melhorar a mobilidade da população e incrementar o potencial logístico do Estado. Entre elas, está a construção do miniarco, no município de Abreu e Lima, Mata Norte do Estado. A via alternativa de 14,4 quilômetros irá descongestionar o trânsito da BR-101, principal corredor de transporte rodoviário estadual, com um volume médio diário de tráfego de 49 mil veículos. Também fazem parte do Plano a requalificação do contorno urbano da BR-101 e a duplicação da BR-104.
Paulo Camara
“O Plano Rodoviário busca integrar cada vez mais Pernambuco, priorizando as rotas de desenvolvimento. Dessa forma, vamos destravar gargalos e, assim, melhorar a mobilidade e a acessibilidade da população, além da condição econômica da região”, frisou Paulo Câmara, destacando que as intervenções vão gerar emprego e renda em um momento de dificuldades do País. O chefe do Executivo estadual lembrou que as obras são anseios antigos dos pernambucanos, sobretudo o miniarco, que será uma alternativa ao Arco Metropolitano, obra que será realizada pelo Governo Federal. Paulo ressaltou, ainda, que o Governo de Pernambuco já investiu R$ 350 milhões – de recursos do Tesouro estadual – em infraestrutura entre janeiro de 2015 até outubro deste ano. “E até 2018, iremos investir mais de R$ 1 bilhão neste setor”, assegurou.

Para o secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, as três obras que serão licitadas são fundamentais para os pernambucanos e para as empresas instaladas no Estado. Os editais de licitação para as obras serão disponibilizados até esta sexta-feira (28.10), no Diário Oficial do Estado (DOE). “Para a licitação do miniarco levará vantagem quem ofertar a melhor técnica de projeto aliado a um menor custo de pedágio para a população”, destacou.
O superintentende regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Cacildo Cavalcante, explicou que dos R$ 510 milhões que serão investidos, R$ 350 milhões são de recursos públicos (sendo R$ 260 milhões para o contorno da BR-101 e R$ 90 milhões para a duplicação da BR-104) e R$ 160 milhões serão de iniciativa privada para o projeto do miniarco. “Desses R$ 350 milhões, 90% serão de recursos federais e 10% serão da contrapartida estadual”, detalhou Cavalcante, complementando que metade do aporte do Governo Federal já está em caixa.
Miniarco - O miniarco consiste em uma via de 14 quilômetros que será construída a partir da entrada da PE-035, em Igarassu, até a entrada do município do Paulista, na PE-015, próximo ao Hospital Miguel Arraes. As obras terão um aporte de R$ 160 milhões de iniciativa privada, por meio de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), e mais R$ 30 milhões como contrapartida do Estado em desapropriações. As intervenções serão iniciadas até maio de 2017, com um tempo de duração de um ano e meio até serem concluídas.
Contorno Urbano BR-101 - A requalificação do contorno urbano da BR-101, cujo trecho terá uma extensão de 30,4km, será realizada em quatro segmentos: a partir da entrada da PE-015 até a avenida Caxangá; desta via até o Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco; do Ceasa até o bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes; e da Avenida Recife à BR-101. Além da estrada que será totalmente requalificada, as alças viárias dos entornos também serão restauradas, com iluminação em todos os trechos. Ao todo, serão investidos R$ 260 milhões na intervenção por meio de parceria entre governos Federal e do Estado. A execução das obras serão iniciadas em março do ano que vem, com conclusão em dezembro de 2018.
Restauração e duplicação da BR-104 – O trecho de 13km de extensão que vai de Pão de Açúcar, na entrada da PE-060, até Toritama, serão recuperados. Desse total, 9km serão duplicados. As obras receberão um investimento de R$ 90 milhões por meio de uma parceria entre os governos federal e estadual e serão iniciadas até fevereiro de 2017 e concluídas em novembro do ano seguinte.
com informações da Assessoria
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio