Promoção Magazine Luiza e Você

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
1° FEIRÃO DO ANO

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

APOIO: REDE SKY

APOIO: REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

IPMN/JC: GERALDO PODE VENCER NO 1º TURNO


Do Leia Já - A três dias do pleito municipal o cenário eleitoral sugere que a capital pernambucana pode reeleger o prefeito Geraldo Julio (PSB) já no primeiro turno. Isso porque, segundo o quarto levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), encomendado pelo Portal LeiaJá em parceria com o Jornal do Commercio, o pessebista amplia mais uma vez o percentual de intenções de voto e seu principal adversário fica estagnado. Na última rodada Geraldo figurava com 33% e agora tem 38% da preferência do recifense, enquanto o ex-prefeito e candidato pelo PT, João Paulo permanece com os mesmos 25% divulgados no sábado (24).
 
Na terceira posição vem o postulante do PSDB, Daniel Coelho que sobe dois pontos e tem agora 14% das intenções. Já a prefeiturável do DEM, Priscila Krause sofre nova oscilação para baixo. Ela que chegou a ter 4,4%, caiu para 3% e aparece com 2% nesta mostra. A margem de erro da pesquisa é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança de 95%.
 
Para o coordenador da pesquisa e cientista político, Adriano Oliveira, “o resultado sugere que existe a forte possibilidade de a eleição findar no primeiro turno. No caso, o prefeito Geraldo Julio é eleito. Por quê? Há estabilidade do candidato João Paulo, mostrando que o PT tem teto. Em segundo lugar, a variação positiva de Daniel Coelho, ressaltando que essa variação ocorreu do eleitorado de Priscila Krause e também da manutenção da aprovação da sua (Geraldo) gestão. Ou seja, o prefeito continua bem avaliado e, consequentemente, essa boa avaliação está sendo apresentada e tendo consequências na sua intenção de voto. Portanto, agora e está claro que o prefeito Geraldo Julio está a um passo de ganhar no primeiro turno. Essa é a expectativa”.
 
O estudioso avalia que mesmo a porcentagem de Geraldo Julio não aparecendo na pesquisa, neste momento, com mais de 50% das intenções de voto a vitória estaria consolidada pelo desejo de continuidade. “O que é muito claro é que existe um desejo de continuidade predominando. As estratégias dele (prefeito) estão funcionando, isso está mostrado claramente na pesquisa, porque ele conseguiu convencer cerca de 40% dos eleitores sobre a tese da continuidade”, opinou.
 
Outro fator que de acordo com Oliveira está corroborando para uma possível vitória de Geraldo no primeiro turno é a diminuição dos indecisos e o voto útil que pode ser a opção de alguns eleitores. “A diminuição considerável dos indecisos para 19% significa que os outros candidatos não têm espaço para crescimento e que o voto útil possa existir, o que pode ajudar na vitória no primeiro turno”, acrescentou.
 
Edilson Silva do  PSOL permanece na quinta colocação, porém caiu de 2% no último sábado para 1%. Já Carlos Augusto (PV) que obteve 1% no levantamento anterior, desta vez não pontuou, assim como Simone Fontana (PSTU) e Pantaleão (PCO).
 
Espontânea - No questionário espontâneo, quando os entrevistados do IPMN escolhem seus candidatos sem citação de nomes, a liderança de Geraldo Julio também se mantém. Instados a responder se a eleição fosse hoje em quem você votaria, 36% dos recifenses escolheram o atual prefeito da cidade, ante os 32% divulgados na última amostragem. O petista João Paulo que foi citado por 24%, desta vez foi lembrado por 23% dos eleitores. Daniel Coelho havia sido mencionado por 11% e hoje é lembrado por 13%. Priscila permaneceu nos 2%. Edilson Silva também continuou sendo citado por 1% dos entrevistados. O total de branco, nenhum, nulo e não soube ou não respondeu totaliza 25%.
 
Votos Válidos – O IPMN voltou a apresentar nesta quarta rodada, os votos válidos, quando se exclui os brancos, nulos e indecisos. Neste panorama a situação de Geraldo Julio é ainda mais confortável, pois ele aparece com 47%.  João Paulo tem 41%, Daniel 18%, Priscila 2%, Edilson e Carlos Augusto 1%, cada.
 
Os eleitores 816 recifenses foram ouvidos pelo IPMN nos dias 27 e 28 de setembro. O levantamento foi registrado no dia 23 de setembro, junto a justiça eleitoral, sob o número PE-04817/2016.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio