Promoção Magazine Luiza e Você

1° LUGAR REFERÊNCIA EM PESQUISA CARIRI EM AÇÃO

1° LUGAR REFERÊNCIA EM PESQUISA CARIRI EM AÇÃO
OBRIGADO JATAÚBA!

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE SKY

REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

TEMPO EM JATAÚBA - PE

terça-feira, 23 de agosto de 2016

OS TRÊS CANDIDATOS A PREFEITO DE JATAÚBA ESTÃO COM PEDIDOS DE IMPUGNAÇÃO EM ABERTO

Antônio de Roque, Fábio Mamão e Chico de Irineu duelam entre si também na Justiça
Antônio de Roque (Esquerda - Foto: Jairo Gomes Araújo), Fábio Mamão (Ao centro) e Chico de Irineu (Direita - Fotos: Bruno Muniz)
As campanhas eleitorais no município de Jataúba estão sendo travadas não apenas nas ruas, mas também nos tribunais. Corre em aberto pelo menos três pedidos de impugnação de candidaturas que visam impedir que todos os três principais grupos do município consigam chegar até 02 de outubro aptos ao voto popular.

Um dos pedidos solicita a impugnação da candidatura de Chico de Irineu (PTN) e Joseilson Alves de Melo (Furibinha - PT) que foi na ocasião requerido pelo próprio prefeito Antônio Cordeiro do Nascimento, o 'Antônio de Roque', do PMDB.

De acordo com a argumentação contida em documento que solicita a impugnação ressaltada, o Partido Social Democrático (PSD) que agora faz parte da coligação do candidato do PTN, através do apoio de Maviael (esposo da vereador Vanessa), não teria feito convenção, caracterizando assim uma possível irregularidade perante o regimento eleitoral.
Reprodução do documento que argumenta os motivos para impugnação da candidatura de Chico de Irineu
Os pedidos de impugnação vão além. O prefeito Antônio de Roque requer ainda o impedimento da candidatura de Fábio Mamão (PTB), este que por sua vez também está solicitando a impugnação da candidatura do atual prefeito, Antônio.

Como justificativas, o prefeito alega que Fábio estaria com os seus direitos políticos suspendidos por um incidente julgado recentemente, já Fábio argumenta que Antônio teria contas de gestões anteriores rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).



Vale ressaltar que em todos os casos as movimentações tratam-se apenas de solicitações, não havendo ainda um parecer jurídico concreto sobre cada um dos casos.

Do: Blog Bruno Muniz
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio