Promoção Magazine Luiza e Você

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
1° FEIRÃO DO ANO

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

APOIO: REDE SKY

APOIO: REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

TEMPO EM JATAÚBA - PE

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Ataque aéreo no Iêmen atinge hospital dos Médicos Sem Fronteiras

Hospital atacado no Iêmen (Foto: Médicos Sem Fronteiras)Hospital atacado no Iêmen (Foto: Médicos Sem Fronteiras)



Um ataque "aéreo da coalizão liderada pela Arábia Saudita atingiu um hospital onde trabalhava uma equipe da organização Médicos Sem Fronteiras na cidade de Abs, no Iêmen, nesta segunda-feira (15). De acordo com a ONG, 11 pessoas morreram e pelo menos 19 ficaram feridas. As primeiras informações divulgadas pela agência France Presse indicavam seis mortos e 20 feridos".

A ONG afirmou que o ataque na província de Hajja aconteceu às 15h45 locais (9h45 de Brasília) e matou, de imediato, 9 pessoas.

Os feridos receberam atendimento de urgência na parte que resistiu ao bombardeio. Dois pacientes morreram enquanto eram transferidos para o hospital de Al Jamhouri. Cinco pacientes continuam hospitalizados.

Uma das testemunhas, Mustafa Mohammed, disse à Efe que dois terços do hospital ficaram destruídos.

Estes "bombardeios acontecem menos de 48 horas depois que a MSF acusou a coalizão de matar 10 crianças ao bombardear uma escola corânica em Saada, outra província rebelde do norte iemenita, segundo a AFP".

A "coalizão negou ter atacado uma escola e disse que se tratava de um campo de treinamento de rebeldes, onde havia soldados menores de idade. A coalizão árabe iniciou sua campanha contra os rebeldes hutis apoiados pelo Irã e seus aliados em 26 de março de 2015".

Do: G1
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio