Promoção Magazine Luiza e Você

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA

REDE FÁCIL CONSTRUÇÃO JATAÚBA
1° FEIRÃO DO ANO

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !

SEU FUTURO COMEÇA AQUI !
Aulas durante a semana e aos sábados!

APOIO: REDE SKY

APOIO: REDE SKY
PARCERIA NOS EVENTOS

TEMPO EM JATAÚBA - PE

quinta-feira, 21 de junho de 2018

PF cumpre ação da Lava Jato em Pernambuco nesta quinta


A Polícia Federal deflagraou nesta quinta-feira (21) a Operação Greenwich, que investiga crimes praticados em prejuízo de subsidiárias da Petrobras, como por exemplo a Petrobras Química S/A (Petroquisa). Onde ordens judiciais - um mandado de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária e nove mandados de busca e apreensão - estão sendo cumpridos nas cidades do Rio de Janeiro, Recife e Timbaúba, município da Mata Norte pernambucana. Quarenta policiais federais participam dessa 52ª fase da Operação Lava Jato. 

Mais uma vez o esquema criminoso identificado em várias oportunidades em contratações da Petrobras se repetiu também em suas subsidiárias. As informações e provas reunidas até o momento demonstram que o Grupo Odebrecht foi favorecido na obtenção de contratos, em troca de repasses de recursos a funcionários da empresa, quer seja através da entrega de valores em espécie, quer seja através de remessas para contas bancárias estabelecidas no exterior.

As contratações eram direcionadas com o estabelecimento de parâmetros que só poderiam ser atendidos por empresas do Grupo Odebrecht. O nome atribuído à operação policial (GReenwich) remete a uma das contas bancárias mantidas no exterior e destinada ao recebimento de valores indevidos e transferidos pelo Grupo Odebrecht a funcionários de subsidiárias da Petrobras em troca da "defesa" de interesses do grupo empresarial nas contratações. 

Os presos estão sendo levados para a sede da PF no Cais do Apolo. Foto: PF/Divulgação

As investigações apontam para a prática de diversos crimes como a fraude em processos de contratação das empresas das subsidiárias da Petrobras em favor do Grupo Odebrecht, corrupção, crimes financeiros e lavagem de ativos. Os presos serão escoltados para a sede da Polícia Federal em Curitiba/PR onde permanecerão à disposição do Juízo da 13a Vara Federal.

PERNAMBUCO - No Recife, desde às 6h, 40 policiais federais e servidores da Receita Federal distribuídos em oito equipes estão dando cumprimento a nove mandados de buscas e apreensão sete em Recife, dois em Timbaúba e dois mandados de prisão (1 temporária e 1 preventiva). Os dois mandados de prisão não foram cumpridos em virtude de um dos presos não ter sido encontrado no local e o outro ter sido preso no Rio de Janeiro. Todo o material apreendido será encaminhado ainda hoje para a coordenação da Operação Lava Jato em Curitiba/PR.

DISCRIMINAÇÃO DOS MANDADOS

RIO DE JANEIRO/RJ
01(um) mandado de busca e apreensão
01(um) mandado de prisão preventiva

RECIFE/PE 
07(sete) mandados de busca e apreensão
01(um) mandado de prisão temporária

TIMBAÚBA/PE
01(um) mandado de busca e apreensão.


Diário de Pernambuco
Compartilhar:

Ex-presidente Dilma e ex-diretores da Petrobrás viram réus na CVM

Ela e 11 ex-conselheiros e ex-diretores da Petrobrás são acusados de não cumprir seus deveres na administração da companhia



A ex-presidente Dilma Rousseff se tornou ré em processo sancionador - sujeito à punição - da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Ela e 11 ex-conselheiros e ex-diretores da Petrobrás são acusados de não cumprir seus deveres na administração da companhia.

Segundo dados do site da CVM, o processo foi instaurado a partir das investigações sobre a compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, em 2006. A operação foi um dos pontos de partida da Lava Jato. O inquérito foi instaurado em 2014 após as investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal apontarem indícios de fraude na compra.

Na época, Dilma era ministra de Minas e Energia e presidente do conselho da Petrobrás. Ela foi excluída, porém, da acusação relacionada ao episódio de Pasadena apresentada pelo juiz Sérgio Moro em março. Dilma e os outros acusados - entre eles Paulo Roberto Costa, Renato Duque e Nestor Cerveró - devem apresentar defesas à CVM. O processo será julgado pelo colegiado da autarquia.



As informações são do jornal O Estado de S. Paulo



Compartilhar:

NIA E CHOQUE APREENDEM DOIS QUILOS E MEIO DE MACONHA EM CARUARU-PE




Nesta quarta-feira (20), os soldados Cardoso, Luciana Silva, Alípio e Humberto do Choque do 1º BIEsp,receberam a informação do Sargento “Lobo Solitário” e do soldado do NIA (Núcleo de Inteligência do Agreste), de que uns indivíduos estariam traficando drogas na região do bairro José Carlos de Oliveira, o policiamento foi ao local, onde prendeu, Daniel Vinícius da Silva Barbosa, de 18 anos e Alice dos Santos Venâncio da Silva, de 19 anos, que moram no Loteamento Demóstenes Veras e na casa do José Lucas de Oliveira Florêncio, de 19 anos, que não foi localizado, os PMs encontraram uma balança de precisão, 10 reais e 10 tabletes que totalizaram dois quilos e meio de maconha.

Os suspeitos foram apresentados no plantão da 1ª DP, para as formalidades legais.


Blog do Adielson Galvão





Compartilhar:

DOIS JOVENS FORAM ASSASSINADOS NA ZONA RURAL DE CARUARU-PE









Dois homens foram encontrados assassinados a tiros, no final da tarde desta quarta-feira (20), ao lado de uma estrada vicinal, entre o Distrito de Cachoeira Seca e o Sítio Palmatória, na zona rural de Caruaru. Uma das vítimas foi asfixiada com uma bolsa plástica e apenas um deles foi identificado oficialmente no local, trata-se de, Silvio Noves de Oliveira, vulgo "Neguinho" de 51 anos, já o outro populares disseram ser um tal de Daniel e que ambos eram lanceiros e moravam na Rua Catulo da Paixão Cearense, no bairro Riachão.

Cabo Leandro que já está aposentado da Polícia Militar, disse que foi a Cachoeira Seca visitar alguns familiares e populares que voltavam de sua plantações encontraram os cadáveres e sabendo que ele é policial o procuraram e pediram que ele acionasse o policiamento para ir ao local e ele assim o fez, após se certificar do ocorrido.

Com estes subiu para seis homicídios agora no mês de junho e na soma geral já são 89 assassinatos registrados neste ano em Caruaru e os corpos foram encaminhados para o IML local.


Por Adielson Galvão
Compartilhar:

PRF AMPLIA FISCALIZAÇÃO NA OPERAÇÃO SÃO JOÃO EM PERNAMBUCO

Ação terá reforço de policiais de outros estados; velocidade e embriaguez ao volante estarão no foco da ação

A fiscalização de trânsito e as ações de combate ao crime serão ampliadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), a partir desta quinta-feira (21), na Operação São João 2018 em Pernambuco. As atividades tiveram início no começo do mês na região Agreste e serão intensificadas nos próximos dias, em virtude das festividades juninas que ocorrem em todo o estado.

Nesta época, ocorre um aumento na movimentação de veículos principalmente nas BRs 232, 104, 407 e 428, que dão acesso aos municípios de Gravatá, Bezerros e Caruaru, no Agreste, além de Arcoverde e Petrolina, no Sertão. Em virtude da grande procura pelo São João de Pernambuco, a PRF contará este ano com o reforço de policiais do Distrito Federal, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Rio Grande do Sul.

O foco da PRF está em coibir as condutas que contribuem para a ocorrência de acidentes graves, como a ingestão de bebida alcoólica pelos motoristas, o excesso de velocidade, as ultrapassagens indevidas e o uso irregular de motocicletas. Neste sentido, radares de velocidade e equipamentos de bafômetro serão utilizados em locais estratégicos para coibir essas infrações.

Durante as abordagens, será solicitado aos motoristas que apresentem a documentação pessoal e do veículo, além de ser verificado se todos utilizam o cinto de segurança ou o dispositivo de retenção para crianças. Também será conferida a conservação do veículo e se os equipamentos obrigatórios estão sendo transportados de forma adequada.

O Núcleo de Operações Especiais e os Grupos de Motociclistas, Operações com Cães e de Policiamento Tático da PRF irão reforçar a segurança e melhorar a fluidez nas rodovias. Os policiais visam coibir assaltos, porte ilegal de arma, tráfico de drogas e receptação de veículos roubados. 

As ações educativas também serão intensificadas durante as abordagens a motoristas e passageiros, que receberão informações sobre o papel de cada um na construção de um trânsito mais seguro. Em alguns postos, as pessoas serão convidadas a assistir a palestras com vídeos, que mostram comportamentos imprudentes e a consequência dessas condutas.

Dicas de Segurança

Revise os principais itens do veículo antes de acessar a rodovia;

Confira a validade da documentação pessoal e do veículo;

Mantenha a atenção na rodovia e deixe o celular com o passageiro;

Utilize o farol baixo aceso de dia e à noite, para ver e ser visto;

Dirija a uma distância segura dos outros veículos;

Respeite os limites de velocidade em cada trecho da rodovia;

Evite recuperar o tempo perdido ao se deparar com congestionamentos;

Só ultrapasse em locais permitidos e quando tiver a certeza de que a manobra não coloca em risco o trânsito.


ASCOM 
Compartilhar:

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Para Oscar, Silvio Costa é um 'cavalo de troia' e o PT 'não é a casa da mãe joana'


Inconformado com o anúncio da aliança entre a vereadora Marília Arraes (PT) e o deputado federal Silvio Costa (Avante), para formação de uma candidatura própria para o Governo do Estado, o vice-presidente estadual do PT, Oscar Barreto, afirmou que o pré-candidato a senador não passa de um “cavalo de troia”. Para ele, o gesto da petista foi “a gota d’água” e, por isso, ela merece uma punição do partido que, na sua visão, já “bateu o martelo” e deve marchar ao lado do PSB nesta eleição.

De acordo com o dirigente petista, “essa brincadeira precisa parar e o partido não se negará a tomar uma posição política”. Prezamos para unidade, mas as coisas estão indo para uma cisão interna. “A vereadora e seu grupo tenta criar o tempo todo uma espécie de motim contra uma decisão nacional. Esse evento de hoje é mais um episódio disso. Silvio Costa é um cavalo de troia. Diz que está aqui mas está lá”, colocou Oscar Barreto, em entrevista ao programa Folha Política desta terça (19).

Oscar também disse que a executiva nacional sinaliza para a inclusão do PT na chapa do governador Paulo Câmara (PSB), para “sair do isolamento”. Por isso, na sua opinião, Marília “não tem autoridade para fazer isso”. “Nem ela nem Teresa Leitão (deputada estadual). Tem que zelar pelo estatuto do partido. Isso não é ‘casa da mãe joana’ não. As coisas têm seu encaminhamento. O PT nacional deu um prazo para fazer essa junção política e a ideia de agredir quem quer se aliar é um ataque”, criticou.

Ouça a íntegra da entrevista com Oscar Barreto no Podcast Folhape:


Por FOLHA PE
Compartilhar:

Eleições presidenciais: Bolsonaro lidera em todos os cenários; Lula e Alckmin dividem vice-liderança


Em nova pesquisa de intenção de votos para a Presidência da República, o deputado Jair Bolsonaro, pré-candidato do PSL, aparece como líder em todos os três cenários propostos. O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB, aparece logo na sequência e apenas divide a vice-liderança quando o ex-presidente Lula, preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, é apontado como o possível candidato do PT.
Outro fator que chama atenção quando o ex-presidente não é apontado como o escolhido pelo Partido dos Trabalhadores é o expressivo número de pessoas que optaram por não escolher nenhum dos outros candidatos. Considerando a margem de erro, a escolha por “nenhum” é de aproximadamente 22%, ficando no mesmo patamar dos 21% alcançados por Bolsonaro.
Cenário 1

No 1° cenário, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad é o candidato do PT. Bolsonaro aparece na liderança, com 21,4% das intenções de voto, seguido por Alckmin, que registra 18,4%, e Marina Silva, pré-candidata da Rede, com 11,7%. Além do trio, a opção “nenhum” conta com 21%. Ciro Gomes (8,3%), o próprio Haddad (5,1%) e Álvaro Dias (3,9%) são os outros que aparecem com mais de 1% na pesquisa.
Levando-se em conta a margem de erro, que é de 2% para mais ou para menos, os candidatos do PSL e do PSDB estão empatados na liderança e passariam para o segundo turno.
Cenário 2

No 2° cenário, o ex-presidente Lula é o candidato do PT. Novamente, Bolsonaro aparece na liderança, com 20,6% das intenções de voto, seguido por Lula, que soma 19,5%, e de Geraldo Alckmin, com 16,7%. Nesta situação, a opção “nenhum” cai para 16,6%. Marina Silva (9%), Ciro Gomes (5,6%) e Álvaro Dias (3,5%) são os outros que aparecem com intenção maior do que 1%.
Levando-se em conta a margem de erro, que é de 2% para mais ou para menos, Bolsonaro, Lula e Alckmin estão empatados na liderança. Porém, como o tucano é o terceiro colocado, o candidato do PSL e o ex-presidente passariam para o segundo turno.
Cenário 3


Por fim, no 1° e último cenário, o ex-governador da Bahia Jacques Wagner é o candidato do PT. Mais uma vez, Bolsonaro é o líder, com 21,6% das intenções de voto, seguido por Alckmin, que registra 19,1%, e Marina Silva, com 12,6%. A opção “nenhum” volta a crescer, somando 22%. Ciro Gomes (8,9%) e Álvaro Dias (4,0%) são os outros dois únicos candidatos que aparecem com mais de 1%.
Levando-se em conta a margem de erro, que é de 2% para mais ou para menos, os candidatos do PSL e do PSDB aparecem empatados na liderança e passariam para o segundo turno.

Dados da pesquisa

O universo desta pesquisa abrange os eleitores do Estado de São Paulo. Para a realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 2.000 eleitores, sendo esta estratificada segundo sexo, faixa etária, grau de escolaridade e nível econômico.
O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas pessoais com eleitores com 16 anos ou mais em 82 municípios durante os dias 13 a 18 de junho de 2018, sendo auditadas simultaneamente à sua realização, 20,0% das entrevistas.
Tal amostra representativa do Estado de São Paulo atinge um nível de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais. Para a seleção da amostra utilizou-se o método de amostragem estratificada proporcional.
Conforme o mapeamento do Estado em 15 mesorregiões homogêneas segundo o IBGE, considerou-se esta divisão geográfica como primeira estratificação. Dentro de cada mesorregião, agruparam-se os municípios em grupos homogêneos, procedendo-se à estratificação proporcional final da amostra. A Paraná Pesquisas encontra-se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/18.
A amostra é representativa dos moradores das áreas pesquisadas e foi selecionada em três etapas. Na primeira etapa realizou-se um sorteio probabilístico dos municípios onde as entrevistas foram realizadas através do método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), considerando a população eleitora com 16 anos ou mais residente nos municípios como base para essa seleção.
Na segunda etapa, fez-se um sorteio probabilístico dos setores censitários, onde as entrevistas foram realizadas, através do método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando a população eleitora de 16 anos ou mais residente nos setores como base para essa seleção.
Na terceira etapa, a seleção dos entrevistados dentro do setor censitário, foi feita utilizando-se quotas amostrais proporcionais, em função das seguintes variáveis: sexo, faixa etária, escolaridade e nível econômico.


Dados Instituto Paraná
Pesquisa Registrada no TSE sobre o número BR-09235/2018
Compartilhar:
Proxima  → Inicio